Sexta, 30 de Setembro de 2016

Ousadia

Depois de resgatar preso em hospital, bandidos abandonam Corolla

Grupo armado com fuzil e pistolas resgatou detento de 31 anos

22 SET 2016Por ALINY MARY DIAS10h:38

Os quatro bandidos que invadiram o Hospital Adventista do Pênfigo, na Avenida Gunter Hans, hoje pela manhã, abandonaram o carro usado na ação. Fortemente armados com fuzis e pistolas, os homens entraram na unidade de saúde para resgatar o preso Mário Márcio Oliveira dos Santos, de 31 anos.

Assim que a invasão do hospital foi comunicada à polícia, várias delegacias especializadas de Campo Grande se mobilizaram para apurar o caso e encontrar o grupo criminoso.

Um Toyota Corolla preto, com placas do interior de Minas Gerais e registro de roubo, foi encontrado abandonado na Rua Pedro Gomes, esquina com a Marisco, no bairro Coophavila II. A polícia confirmou que o veículo foi usado pelos criminosos. Ninguém foi preso até agora.

INVASÃO

Dois policiais que escoltavam o preso Mário foram dominados na entrada de porta de vidro, tiveram as armas roubadas e foram algemados. Na sequência, o grupo fugiu levando o presidiário que, segundo a polícia, ocupava cela da Penitenciária de Segurança Máxima em cumprimento a 22 anos de prisão por vários crimes, entre eles tráfico de drogas.

Pacientes e funcionários relatam que ficaram em pânico diante da ação criminosa em plena luz do dia. Equipes de policiais militares de vários batalhões e policiais civis de delegacias especializadas estão empenhadas em buscas pela cidade.

Equipe da Agepen foi até o hospital após invasão (Foto: Bruno Henrique/Correio do Estado)

Leia Também