ECONOMIA

Aceleração de preços começa a ser sentida

Aceleração de preços começa a ser sentida
24/01/2010 06:40 -


A aceleração dos preços dos insumos industriais começa, aos poucos, ser captada pelo índice que mede a inflação no atacado. Os preços médios dos materiais para manufatura no atacado subiram 0,65% entre os dias 11 de dezembro e 10 deste mês, depois de terem registrado deflação de 0,41% no período imediatamente anterior, segundo o Índice Geral de Preços-10 (IGP-10) da Fundação Getúlio Vargas (FGV). Segundo o coordenador de Análises Econômicas da FGV, Salomão Quadros, boa parte dessa aceleração ocorre pela alta de preços dos metais não ferrosos, com destaque para o alumínio que passou de uma deflação de 4,26% em dezembro para alta de 12,74% este mês. Os preços de fios e cabos de cobre tiveram trajetória idêntica: registraram deflação de 3,20% em dezembro e subiram 5,53% este mês. Já no caso das resinas plásticas e do aço, o IGP-10 ainda não captou os aumentos que estão em curso. De acordo com Quadros, os preços das resinas ainda estão em queda, mas com variação menos negativa, passando de -4,67% em dezembro para -0,95% este mês. Na siderurgia, a variação de preços em dezembro havia sido de 0,04% e teve retração 0,42% em janeiro. Quadros ressalta que os dados captados pelo IPA- 10 cobrem o período muito curto de janeiro (10 dias). Ele pondera que ainda é prematuro achar que as pressões de custos vão virar em aumentos de preços. (MC)
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".