Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

RECONHECIMENTO

Tortura e questões ambientais são os temas do Prêmio Sesc de Literatura

Os autores disputaram o prêmio com mais de 1.700 inscritos

22 JUN 17 - 14h:05FOLHAPRESS

O advogado João Almeida Junior e o empreendedor social João Meirelles são os vencedores do Prêmio Sesc de Literatura 2017 nas categorias romance e conto. Os autores disputaram o prêmio com mais de 1.700 inscritos.

"Última Hora" é o romance premiado do potiguar João Almeida Junior que trata, em uma narrativa histórica, o jornal fundado por Samuel Wainer sob ponto de vista de um personagem fictício, Marcos, vítima de tortura no Estado Novo, ele reluta em aceitar o convite de escrever no jornal.

Atuante no campo dos direitos sociais e ambientais, o paulista João Meirelles se dedica sobre as questões da Amazônia, em especial a Belém do Pará, onde reside desde 2004. O livro que lhe rendeu o prêmio, "Poraquê e Outros Contos" retrata, em oito contos, a relação do homem e o desconhecido na Amazônia.

Na premiação, que acontece desde 2003, são escolhidos dois livros ainda não publicados. Os vencedores terão suas obras lançadas pela editora Record, com tiragem de 2 mil exemplares, e estão confirmados na programação do Centro Cultural Sesc de Paraty de Flip 2017, que acontece de 26 a 30 julho.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Cena literária
CRÔNICA

Cena literária

No ar em 'Éramos Seis', Bárbara Reis emenda sequência de trabalhos de época
TELEVISÃO

No ar em 'Éramos Seis', Bárbara Reis emenda sequência de trabalhos de época

Roberta D'Albuquerque: "O presente"
ARTIGO

Roberta D'Albuquerque: "O presente"

Confira o seu astral para esta segunda-feira
OSCAR QUIROGA

Confira o seu astral para esta segunda-feira

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião