Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

TV

Paola Carosella credita sucesso do 'MasterChef' ao fator humano

23 AGO 2017Por Diego Bargas, Folhapress14h:17

Encerrada a quarta temporada do 'MasterChef', que consagrou nesta terça (22) a catarinense Michele Crispim como vencedora, Paola Carosella enfrentou uma maratona de selfies e fotos com os convidados que assistiram o programa nos estúdios da Band.

"É sempre assim, em alguns lugares fica difícil fazer as coisas, mas não atrapalha", diz a argentina de 44 anos. Em São Paulo desde 2001, Paolla ficou famosa em 2014, ao estrear na TV com a primeira temporada do reality de culinária.

Apesar do assédio, ela não se considera uma celebridade. "Sou muito caseira, ou estou em casa ou no restaurante. Se sou celebridade, não sei."

A rotina na TV não tem descanso: Paola e os outros jurados, Henrique Fogaça e Erick Jacquin, já estão gravando a segunda temporada do "MasterChef Profissionais", que estreia em 5 de setembro.

"A Band é um amor com a gente", ela brinca, dizendo que consegue descansar entre uma temporada e outra, apesar das gravações ininterruptas, e se dedicar ao seu restaurante, o Arturito, em Pinheiros, e ao café La Guapa, no Itaim Bibi.

"Tenho uma técnica desde que comecei a gravar o 'MasterChef'. A gente grava mais ou menos seis meses por ano. Nos outros seis, me jogo de cabeça nos restaurantes. Antes de cada temporada deixo tudo muito quente, para poder me ausentar", diz.

FRESCOR

Para Carosella, o "MasterChef" mantém o frescor por conta dos competidores. "A pessoa que está na sua frente é completamente diferente. Tem uma história diferente, uma energia diferente, te propõe algo diferente. A avaliação dos pratos pode ter sempre os mesmos conceitos, se me agrada, se está equilibrado, se tem sabor, defeitos técnicos, mas a emoção é sempre diferente."

Paola se arrisca em desvendar o segredo do sucesso do programa, líder de audiência da Band. "Eu estou muito envolvida e tenho a sensação de que quando a gente faz alguma coisa com muito tesão, a gente passa isso. O 'MasterChef' é uma receita que dá certo em 150 países. O casting é importante, mas o segredo é a energia entre os participantes. É um programa cheio de temperos."

FINAL

Sobre o resultado da quarta temporada do "MasterChef", Paola se disse surpresa com a evolução de Michele, a grande vencedora. "Não esperávamos que ela cozinhasse tão bem. Ela foi a maior transformação que vimos no programa. Eu não dava nada, achava que ela sairia logo. Ela parecia fraca, e me surpreendi ao vê-la cozinhar. Foi um grande crescimento."

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também