Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

terça, 19 de fevereiro de 2019 - 01h43min

LITERATURA INFANTIL

Novas versões da obra de Monteiro Lobato contam até com Turma da Mônica

6 FEV 19 - 11h:16FOLHAPRESS

Na literatura, existe uma máxima de que a vida do escritor não deve ser usada como base para compreender sua obra. Esse seria, sim, um erro fatal, que cegaria o leitor às diferentes formas de interpretação daquele romance ou naquele poema.

O tema volta a ser debatido agora que, desde 1º de janeiro, a obra do escritor brasileiro Monteiro Lobato (1882-1948) está em domínio público -ou seja, de acordo com a lei brasileira, as editoras têm direito à publicação sem pagar direitos aos herdeiros.

E esses novos livros se dividem entre o texto integral e adaptações que suavizam passagens tidas como racistas, acusação recorrente sofrida pelo escritor de Tautabé. Se estão livres até versões da Turma da Mônica com o mundo de Monteiro Lobato e as livrarias são tomadas por uma enxurrada de Emílias, Narizinhos, Pedrinhos, Donas Bentas e Viscondes, essa seria uma boa chance de valorizar ainda mais a obra em detrimento de possíveis falhas de caráter do escritor. Afinal, todo artista é um retrato de sua época, não um manual ambulante.

Ciente disso, a Globo Livros, que detinha os direitos de publicação de Monteiro Lobato, pretende caprichar ainda mais em sua edições. Prevê lançar "A Chave do Tamanho" e "O Picapau Amarelo" -ambos pelo selo Biblioteca Azul, aposta em livros de capa dura, texto integral e recuperação das ilustrações das primeiras edições.

No catálogo da editora, já estão edições célebres, como o polêmico "Caçadas de Pedrinho" (R$ 48, 160 págs.), de 1933, e "A Chave do Tamanho" (R$ 54, 271 págs.), de 1941. Entre as novidades, que vão de R$ 30 a R$ 60, estão "Narizinho Arrebitado" (Girassol), aposta de Mauricio de Sousa para este mês.

Já a FTD pretende lançar coleções indicadas a faixas etárias específicas, que vão de 3 a 11 anos. O processo de edição e seleção começou em setembro de 2017. Entre as obras escolhidas, estão "O Museu da Emília". A Autêntica, por sua vez, lança "Reinações de Narizinho" e "O Picapau Amarelo".

Mas outras editoras preferiram fazer suas próprias adaptações de Lobato. É o caso da Moderna, que encomendou uma versão de "Reinações de Narizinho" a Pedro Bandeira. O título deve sair ainda no primeiro semestre.
 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Mãos que falam:
LUIS PEDRO SCALISE

Mãos que falam: "O Leão pode perder os dentes"

'Dou um jeito de fazer acontecer', diz Anitta sobre carreira internacional
FORÇA DE VONTADE

'Dou um jeito de fazer acontecer', diz Anitta sobre carreira internacional

Mãos que falam:
LUIS PEDRO SCALISE

Mãos que falam: "Migalha"

CORREIO B

Roberto Carlos usa camisa rosa e fala de porte de armas antes de show em cruzeiro

Mais Lidas