Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

EM CARTAZ

'Mulher-Maravilha' faz mais de US$ 100 mi<br> em estreia e bate recorde

'Mulher-Maravilha' faz mais de US$ 100 mi<br> em estreia e bate recorde
04/06/2017 16:31 - FOLHAPRESS


 

Em seu primeiro fim de semana nos cinemas, "Mulher-Maravilha" deve fazer US$ 100,5 milhões em bilheteria nos EUA, informa a revista "Variety".

É a maior bilheteria de um filme dirigido por uma mulher (a americana Patty Jenkins, de "Monster: Desejo Assassino") no país. Superou "50 Tons de Cinza", de Sam Taylor-Johnson (com US$ 85,1 milhões).

Pelas projeções, o filme da DC Comics também deve ser a terceira maior estreia de filmes de super-heróis nos Estados Unidos, superando "Homem de Ferro" (US$ 98,6 milhões), "Doutor Estranho" (US$ 85 milhões) e "Thor" (US$ 65,7 milhões). Mas o filme da heroína ficaria atrás de "Deadpool" (US$ 132 milhões) e "O Homem de Aço" (US$ 116,6 milhões).

"Mulher-Maravilha" acompanha a origem da heroína da DC Comics. Diana (papel da israelense Gal Gadot ) é uma guerreira que vive em uma ilha, entre amazonas. Quando um piloto cai no local, a moça descobre que o mundo está em guerra e decide intervir.

VEJA O TRAILER

Felpuda


Político experiente tem repetido que não é o momento de falar em eleições. O momento é de tensão, de incertezas políticas e econômicas – como se o País fosse uma ilha de preocupações cercada pelo coronavírus por todos os lados. Em Mato Grosso do Sul, onde já se registrou morte pela doença e o número de casos só tende a subir, não poderia ser diferente. “É suicídio político para quem ousar falar em eleição neste momento”, conclui. Só!