Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 18 de dezembro de 2018

2ª temporada

'Marseille' volta com detalhes sórdidos
sobre bastidores da política francesa

21 FEV 2018Por KREITLON PEREIRA, VIA STREAMING16h:51

Dia 23 de fevereiro estreia na Netflix a segunda temporada de “Marseille”, série francesa original da maior plataforma de streaming do mundo.

A trama gira em torno do carismático Robert Taro (Gerard Depardieu), prefeito de Marselha por mais de 20 anos e apaixonado pela cidade, e Lucas Barrès (Benoît Magimel), seu sucessor para a prefeitura. Após tantos anos trabalhando juntos na preparação de Barrès para assumir o cargo de Robert, os dois acabam desenvolvendo uma relação quase familiar. 

Esse cenário muda completamente após uma votação. Robert tenta aprovar uma reforma no porto da cidade, considerando tal projeto como seu último ato antes de se aposentar.

O voto decisivo depende de Barrès, porém o protegido vira as costas para o prefeito e decide “emancipar-se” de Robert às vésperas das eleições. Chocado pelo que considera ser uma absurda traição, o prefeito decide voltar atrás na aposentadoria e concorrer novamente à reeleição. Só que, perto da data das votações, um problema de saúde obriga Robert a se afastar, deixando o caminho livre para Barrès. 

Na segunda temporada, sem ter mais o respeito de seu mentor, Barrès percebe que o caminho restante rumo à prefeitura é bem mais tortuoso que ele imaginava.

Para alcançar seu objetivo eleitoral, decide buscar apoio dos traiçoeiros políticos da extrema-direita – mas os custos podem ser muito mais altos que o esperado.

Nesse caos político e com a cidade fora de controle, a inexperiência do provável novo governante de Marselha fica mais clara ao longo dos episódios. Assim, o ambicioso Barrès se torna cada vez menos um jogador, transformando-se em mais uma peça nesse complexo jogo eleitoral.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também