Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

FELIZES

Grávida de 4 meses, namorada de
Cristiano Ronaldo terá uma menina

25 JUN 2017Por PUREPEOPLE06h:00

A gravidez de Georgina Rodriguez, namorada de Cristiano Ronaldo, foi indicada pela imprensa internacional em maio deste ano. E, de acordo com o jornal português "Correio da Manhã", o casal já sabe o sexo do herdeiro: trata-se de uma menina, conforme a modelo espanhola confidenciou a amigos.

O craque do Real Madrid já é pai de Cristiano Ronaldo Jr, de seis anos, e de um casal de gêmeos, vindos de barriga de aluguel.

Uma fonte próxima ao casal, que apareceu oficialmente juntos no prêmio Bola de Ouro da FIFA em janeiro deste ano, afirmou que eles e toda a família do atleta está feliz com gravidez.

"Estão muito felizes com a chegada da bebê. Todos adoram a Georgina e ficam satisfeitos com esta relação", indicou a pessoa, cuja identidade foi preservada. Segundo veículos portugueses, Georgina tem uma boa relação com o primogênito do namorado, sempre flagrado com ele em momentos fofos nas redes sociais.

BARRIGA DE ALUGUEL CUSTOU R$ 750 MIL AO CRAQUE

O mesmo veículo indicou que a barriga de aluguel - método utilizado também pela atriz Adriana Garambone para ter seu primeiro filho - comprada pelo jogador custou R$ 750 mil (200 mil euros, em moeda local).

De acordo com o contrato, a mulher responsável por gerar as crianças abriu mão de seus direitos como mãe. Batizados de Eva e Mateo, os bebês já estão sob cuidados da família do português, como acabou confessando um sobrinho dele durante um programa de TV.

Tudo aconteceu quando Katia Aveiro, irmã do craque, participou do programa "Em Bons Lençóis", da SIC. Quando foi questionada sobre os novos sobrinhos, ela levantou a placa "Talvez", entretanto, seu filho, Diniz, de 7 anos, entregou a chegada dos bebês, usando a placa "Sim".

Em seguida, repreendeu o menino: "Não podes dizer". Aos apresentadores, ela limitou-se a afirmar: "Não há mais nada do que aquilo que vocês já sabem. Eu não posso falar pelos outros, por uma questão de respeito. Se há alguém que tem de falar, não sou eu"

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também