Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, segunda, 10 de dezembro de 2018

QUATRO HISTÓRIAS DE DESEJO

Filme explora histórias de amor na Índia moderna através da perspectiva feminina

12 JUN 2018Por KREITLON PEREIRA, VIA STREAMING20h:30

A Índia é um dos países mais populosos e com mais desigualdade social do mundo. Nessa sociedade dividida em castas, assuntos como amor e outros sentimentos carnais são vistos como tabu, já que os casamentos até hoje são arranjados pelas famílias de mesmo segmento social. Cinco anos após o lançamento de “Bombay Talkies”, que celebra os 100 anos de Bollywood - região de Mumbai que concentra as produtoras de cinema indianas - , os diretores Anurag Kashyap, Zoya Akhtar, Karan Johar e Dibakar Banerjee se reúnem para o novo filme da Netflix, “Quatro Histórias de Desejo”, que estreia dia 15 de junho. A coletânea pretende fazer uso da visibilidade fornecida pela plataforma para contar, de forma realista, narrativas sobre a luxúria e o amor através da perspectiva feminina sobre os relacionamentos modernos.

Trata-se de uma coletânea de quatro histórias sobre mulheres de diferentes castas que tentam encontrar uma filosofia de vida própria. Sob direção de Karan Johar, os atores Vicky Kaushal e Kiara Advani interpretam um jovem casal urbano com dificuldades para aceitar a vida de recém-casados. Apesar de todo evento ser um arranjo de sua família, a personagem de Kiara busca se libertar do conservadorismo em que vive e encontrar seu próprio espaço na relação.

Na segunda história, o diretor Dibakar Banerjee se une aos atores Sanjay Kapoor, Manisha Koirala e Jaideep Ahlawat para retratar, de forma mais adulta, o clássico triângulo amoroso entre um casal e seu melhor amigo. Sem saber da traição, o marido continua confidenciando ao amigo infiel suas preocupações com o casamento, o que dá um certo ar tragicômico à trama.

A terceira parte é de direção de Zoya Akhtar, que escapa das questões provenientes das classes mais ricas para explorar o sistema de castas e o que ele representa na sociedade indiana. Sudha (Bhumi Pednekar) é uma empregada apaixonada pelo irmão mais novo de seu empregador, Ajit (Neil Bhoopalam). Ao descobrir que ele está com o casamento marcado, Sudha começa a questionar sua posição, que sempre será um empecilho para sua vida amorosa.

Por fim, a história de Anurag Kashyap conta com Radhika Apte para retratar uma professora cínica que acaba em um relacionamento conturbado com um de seus alunos, apesar de casada. “Quatro Histórias de Desejo” é a terceira produção indiana da Netflix e já conta com quatro dos mais promissores diretores cinematográficos do país, o que comprova a crescente influência da plataforma de streaming norte-americana ao redor do mundo.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também