VIA STREAMING

Dica da Semana: “Dexter”

série conta a história do psicopata mais carismático do gênero policial
09/04/2019 14:44 - KREITLON PEREIRA, VIA STREAMING


 

Não há medo mais natural que o da morte. Ao longo da história, muitos casos de assassinatos célebres tomaram conta de manchetes de jornais e instigaram os mais experientes peritos. E o questionável interesse pelo aterrorizante final da vida é explicitado pelo sucesso de livros e séries do gênero policial. Dentre as produções televisivas do gênero, poucas recebem tanto destaque quanto “Dexter”, série produzida pela Showtime e com todas as nove temporadas disponíveis na Globoplay.

Aclamada pela crítica, a série conta a história de Dexter Morgan, um perito da policia de Miami que tem um hobbie pouco ortodoxo: matar. Desde criança, o protagonista já demonstrava um forte desejo por tirar vidas. Para minimizar os danos dessa vontade, Dexter respeita duas regras que não poderiam ser quebradas em nenhuma circunstância: manter uma vida normal e apenas matar pessoas que cometeram crimes hediondos. Por trabalhar na força policial, ele tem acesso irrestrito ao banco de dados de criminosos de Miami, e, consequentemente, tem sempre um alvo nocivo à sociedade para matar sua sede de sangue.

Cada temporada gira em torno de algum antagonista que assombra a vida de Dexter e acaba por deixá-lo mais próximo de revelar seu grande segredo. E, conforme fica mais difícil de esconder, o protagonista se vê diante de um dilema entre ser desmascarado ou de eliminar quem estiver perto de descobrir a verdade. Ao longo dos episódios de “Dexter”, o telespectador não se vê só como elemento passivo, mas quase como cúmplice de inúmeros assassinatos.

Nesse contexto, a atuação de Michael C. Hall (que interpreta Dexter) é de tal qualidade que quem assiste aos episódios se desprende até de alguns valores morais e passa a torcer pelo sucesso do doentio protagonista. O carisma de Dexter é tamanho que a série, apesar de não ter nem um elenco conhecido e tampouco um orçamento generoso, tornou-se uma referência no gênero policial investigativo.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".