Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DICAS

Confira nove alimentos que parecem saudáveis, mas não são

Barrinhas de cereal e pão de forma light fazem parte da lista
19/04/2019 14:01 - MARESSA MENDONÇA*


É comum que produtos ultraprocessados como o peito de peru e a bolacha integral sejam classificados como saudáveis, mas, o acréscimo de conservantes, estabilizantes, corantes, edulcorantes e aromatizantes, e também o excesso de gordura vegetal hidrogenada, açúcar e sódio encontrados neles fazem com que estas não sejam as melhores opçãos para aqueles em busca de uma alimentação mais saudável e balanceada.

Embutidos (como presunto e peito de peru), biscoitos e/ou bolachas integrais, barras de cereal, sopa instantânea, pão de forma light, suco de caixinha, chocolate diet, pipoca para micro-ondas e farinha láctea fazem parte da lista de alimentos que parecem saudáveis, mas, na verdade não são pois podem trazer consequências negativas para a saúde. O alerta é do manual Alimentação Cardioprotetora, do Ministério da Saúde, em parceria com o Hospital do Coração (HCor).

Na avaliação de Mariana Claudino, nutricionista da ACT Promoção da Saúde, membro da Aliança pela Alimentação Adequada e Saudável, o consumo de alimentos ultraprocessados deve ser evitado tanto por indivíduos em risco cardiovascular quanto por indivíduos saudáveis. Esses alimentos contém um número elevado de ingredientes e, sobretudo, ingredientes com nomes poucos familiares como os aditivos químicos.

“Carnes processadas como presunto, salsicha, salame e o próprio peito de peru contém os conservantes nitrito e nitrato de sódio. Quando há um grande consumo dessas substâncias, pode-se aumentar a formação de nitrosaminas, compostos químicos que causam reações tóxicas no organismo e podem favorecer o surgimento de câncer”, explica a especialista.

Segundo ela, o consumo indiscriminado de aditivos químicos também pode provocar o surgimento de outras doenças. “Há estudos que relacionam o consumo de aditivos com o câncer, com doenças de Parkinson e de Alzheimer, além de resistência insulínica e hipertensão”, completa.

O consumo excessivo de ingredientes como sal, açúcar e gorduras pode provocar efeitos desconhecidos na saúde, especialmente de indivíduos com fatores de risco cardiovascular. Mas, se usados com moderação em preparações culinárias baseadas em alimentos in natura ou minimamente processados, podem tornar mais saborosa a alimentação sem que fique nutricionalmente desbalanceada.

Lembre-se de sempre ler a lista de ingredientes no rótulo para saber se o alimento é ultraprocessado ou não. 

(*) Com Saúde Brasil 

 

Felpuda


O desgaste de antigas lideranças nacionais, com reflexo em nível local, é a maior preocupação dos dirigentes de partidos para as eleições deste ano, que terá reflexo em 2022. Em épocas passadas, essas figurinhas cruzavam os céus do País para visitarem os municípios e pedirem que a população votasse em seus ungidos. Agora, com pendências judiciais e poder enfraquecido, dificilmente seriam convidadas. A pandemia, que resultou no isolamento social, foi a pá de cal.