DUAS SEMANAS

Chimbinha se afasta da Banda Calypso depois de cirurgia

Chimbinha se afasta da Banda Calypso depois de cirurgia
06/09/2015 02:00 - Diário de S. Paulo


 

O guitarrista Chimbinha, da Banda Calypso, sofreu uma cirurgia e ficará afastado dos palcos por duas semanas. “Chimbinha passou por um procedimento cirúrgico na vista e por isso não participará dos shows programados para as próximas duas semanas. Durante este tempo, os shows contarão com a participação de um guitarrista contratado para o período de recuperação de Chimbinha”, informou a assessoria de imprensa do grupo. 

O substituto do músico é Yan Marinho, do Forró Anjo Azul, que já começou a ensaiar com Joelma. Mas parece que o novo guitarrista tem outras pretensões. “Venho aqui, através dessa nota, dizer que a partir de hoje não faço mais parte da banda (...) Em breve novidades”, disparou Yan, logo que o afastamento de Chimbinha foi anunciado

A vida dos dois artistas anda agita desde que Joelma tornou pública a separação do guitarrista e de que fica na banda até dezembro. Durante show, a vocalista apontou para o ex-marido ao cantar “A Lua me Traiu”. E os fãs também não perdoram: Chimbinha foi chamado de “safadão” durante uma apresentação. 

O músico  afirmou que respeita a manifestação dos seguidores do grupo, “do mesmo modo que milhares de fãs têm demonstrado apoio (a ele)”, disse o assessor pessoal do músico, Mauro Neto.

Joelma comentou sobre uma possível volta do casal durante participação da banda no “Programa Raul Gil”, de hoje. “Temos de pedir perdão todos os dias. A gente não tem o poder de mudar, só o Espírito Santo tem. Para termos um milagre, precisamos merecê-lo.”

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".