Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

COMÉDIA ROMÂNTICA

"Alguém Especial" conta um caso singular de romance

Produção gira em torno de como se amar acima de qualquer adversidade
17/04/2019 14:00 - KREITLON PEREIRA, VIA STREAMING


 

Os relacionamentos atuais quase nunca duram tanto quanto os de antigamente. Como ambas as partes têm mais liberdade para cortar laços, pequenos entraves podem ser catastróficos em um namoro. Um exemplo cada vez mais frequente é o caso dos relacionamentos à distância. Independentemente do tempo de vida conjunta, poucos casais conseguem resistir ao efeito do distanciamento, pois é necessária enorme resiliência para manter a chama acesa. Nesse contexto, "Alguém Especial", que estreia na Netflix dia 19 de abril, analisa um casal que passa por essa situação.

A história da comédia romântica gira em torno de Jenny (Gina Rodriguez), uma escritora que acaba de receber uma proposta irrecusável de trabalho. Entretanto, só há um pequeno problema: ela precisaria sair de Nova York e se mudar para São Francisco, deixando seu namorado a milhares de quilômetros de distância. Como Jenny estava em um relacionamento por nove anos, não viu problemas em comentar naturalmente ao amado que iria se mudar. Porém, ele não estava pronto para namorar a distância e, consequentemente, o casal se separou. Desesperada, Jenny busca a ajuda de suas amigas para esquecer desse término súbito e se divertir ao máximo nos dias que lhe restam na cidade.

"Alguém Especial" pode ser considerada estruturalmente uma comédia romântica clássica, já que contém todos os elementos básicos essenciais para o gênero. Entretanto, o elemento principal do gênero difere completamente dos filmes genéricos do segmento. A produção não gira em torno do amor entre duas pessoas, mas sim de como se amar acima de qualquer adversidade. Com isso, "Alguém Especial" chega ao catálogo da Netflix com o intuito tanto de ser uma comédia leve quanto de fazer discussões profundas a respeito de um tema muito importante nos dias de hoje: o amor próprio.

Felpuda


Acontecimentos policiais de grande repercussão deverão refletir seriamente na jornada de uns e de outros. Os cortes nos “tentáculos do polvo” os deixaram sem respaldo para enfrentar a maratona que há tempos participam, e com sucesso. Ao mesmo tempo que ficaram sem o aconchego financeiro, afastaram-se do abraço, até então muito amigo, preocupados com o ditado popular que afirma:  “Diga-me com quem andas e eu te direi quem és”.