ECONOMIA

Sete municípios de MS livres da sigatoka negra

Sete municípios de MS livres da sigatoka negra
22/01/2010 08:17 -


Sete municípios de Mato Grosso do Sul são agora considerados área livre da sigatoka negra, praga que atinge a bananeira. O reconhecimento de Aparecida do Taboado, Cassilândia, Chapadão do Sul, Inocência, Paranaíba, Selvíria e Três Lagoas foi publicado no Diário Oficial da União (DOU) de ontem, Instrução Normativa Nº 3, do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa). Com a decisão, os produtores de banana desses municípios podem comercializar para qualquer outro estado do País. Atualmente, além dos sete municípios sul-mato-grossenses, são consideradas áreas livres da praga os estados de Alagoas, Bahia, Ceará, Distrito Federal, Espírito Santo, Goiás, Maranhão, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Rio de Janeiro, Rio Grande do Norte, Sergipe e Tocantins. Alguns municípios dos estados de Minas Gerais e Mato Grosso também são reconhecidos pelo Mapa como áreas livres de sigatoka negra.
smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".