REDE SOCIAL

Twitter acaba com limite de 140 caracteres para mensagens diretas

Twitter acaba com limite de 140 caracteres para mensagens diretas
14/08/2015 03:00 - g1


O Twitter pela primeira vez rompe uma de suas principais características e permite o envio de mensagens diretas, as DMs, com mais de 140 caracteres. A mudança na rede social começa a valer a partir desta quarta-feira (12) em todas as principais plataformas, como aplicativos para Android e iOS e em navegadores.

A iniciativa faz parte de uma série de medidas tomadas nos últimos meses pela empresa que têm alterado bastante a rede social com mais de 316 milhões de usuários em todo o mundo. Entre elas estão a possibilidade de comentar retweets, a simplificação da sessão de “trending topics” e um serviço de auto-atendimento de publicidade.

Segundo o gerente de produtos para mercados internacionais do Twitter, o brasileiro Rafael Dahis, a ideia é facilitar a maneira como os usuários acessam a rede social em busca do que está acontecendo no mundo e para se comunicar. “O ritmo de mudanças vai continuar intenso até o final do ano”, afirma.

Ele conta que a quebra do limite de caracteres nas DMs foi uma demanda criada pelos próprios usuários, que desejam comentar entre si os principais assuntos em evidência na rede social de forma privada e, o mais importante, sem ter de quebrar suas mensagens.

Mesmo que 80% dos acessos ao Twitter ao redor do mundo sejam feitos através de dispositivos móveis, não há planos para o lançamento de um aplicativo próprio para a troca de mensagens, a exemplo do que o Facebook realizou com seu Messenger. Pelo menos por enquanto, o objetivo não é rivalizar com plataformas do tipo, como o Whatsapp.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".