Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

SPC

Nova versão de aplicativo
permite consulta por CPF

O download está disponível para todos os sistemas operacionais.

15 MAR 19 - 15h:32AGÊNCIA BRASIL

A partir de hoje (15), os consumidores brasileiros já podem consultar a situação do CPF por meio do aplicativo de smartphone SPC Consumidor. A consulta gratuita informa se o cadastro está na base de inadimplentes do Serviço de Proteção ao Crédito (SPC). A nova versão do aplicativo vai informar, além do atraso, informações detalhadas sobre o débito. O download está disponível para todos os sistemas operacionais.

O valor da pendência, a data de vencimento da conta e as informações de contato da empresa credora são as novidades desta nova versão do aplicativo. O SPC destaca que, com esses dados, o consumidor poderá fazer o pagamento ou propor renegociação direta com a empresa. Não há limites para a consulta ao próprio número de CPF.

Segundo o SPC, a segurança das informações é garantida com o preenchimento de um cadastro prévio no aplicativo a partir do qual o consumidor receberá um código de ativação pelo celular.

Por meio de nota, o superintendente de inovação do SPC Brasil, Magno Lima, disse que a medida tem potencial para alcançar milhões de brasileiros, tendo em vista que há mais de 240 milhões de aparelhos de smartphone no país, segundo o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

Novas funcionalidades devem ser incorporadas ao SPC Consumidor ao longo deste ano, como o serviço de negociação de dívidas via aplicativo.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

YouTube desabilita comentários <br>em vídeos com crianças
CASOS DE PEDOFILIA

YouTube desabilita comentários
em vídeos com crianças

China testa ‘robôs-garis’ para<br> varrer as ruas
ROBÓTICA

China testa ‘robôs-garis’ para
varrer as ruas

Emoji de menstruação e mais de 200 outras figuras devem ser lançadas
EM MARÇO

Emoji de menstruação e mais de 200 outras figuras devem ser lançadas

Senacon instaura processo contra o Google Brasil
VIOLAÇÃO DE PRIVACIDADE

Senacon instaura processo contra o Google Brasil

Mais Lidas