TECNOLOGIA PECUÁRIA

Pecuaristas poderão negociar venda de bovinos por aplicativo

Iniciativa quer oferecer mais comodidade de vendas ao empresário
12/05/2019 14:48 - ALINE OLIVEIRA


 

Um novo aplicativo promete revolucionar a negociação de compra e venda de gado no Brasil, com lançamento no início do mês e disponível para download nas lojas virtuais Google Play e Apple Store, além da internet.

A ideia é simplificar o relacionamento comercial entre produtores e frigoríficos, com a funcionalidade do pecuarista acompanhar as etapas ‘fora da porteira’, ou seja, desde que o animal é comercializado até o processamento na agroindústria.

De acordo com os idealizadores, até então toda aquisição de gado era realizada por meio de duas modalidades de negócio: balcão ‘spot’ e ‘Boi a Termo’. A partir de agora, o produtor rural terá uma terceira opção, viabilizada por um balcão digital.

“Estamos um passo à frente no trabalho de transformação do setor. Fomos pioneiros em mudar o processo de compra de gado com o Boi a Termo e a intensificar o uso de protocolos de classificação e remuneração das carcaças. Agora, levamos o relacionamento e os nossos serviços para a palma da mão do produtor”, afirma Renato Costa, presidente da Friboi.

COMO FUNCIONA

A plataforma Friboi Pecuarista oferece três funcionalidades: ‘Quero Vender’, na qual o pecuarista terá acesso aos preços do mercado sugeridos para sua fazenda e região, além de poder ofertar seu rebanho direto com a companhia.

A segunda opção ‘Meus Negócios’ proporcionará ao empresário o acompanhamento de todas as etapas da negociação, desde a efetivação da venda, embarque e abate, até o faturamento, bem como o histórico dos lotes negociados.

O terceiro item é ‘Abate Online’, no qual é possível acompanhar a pesagem, tipificação e qualidade das carcaças em tempo real.

Além disso, produtores que ainda não são cadastrados junto a empresa, poderão solicitar credenciamento e caso sejam aprovados, negociar lotes a partir de 18 animais. 

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".