Quarta, 13 de Dezembro de 2017

CORREIO RURAL

Na reta final, colheita da safra de soja chega a 82% da área em MS

Colheita evoluiu de forma significativa

16 MAR 2017Por DA REDAÇÃO15h:18

A colheita da safra de soja 2016/2017 se aproxima do fim em Mato Grosso do Sul. Balanço divulgado nesta quarta-feira (15) pela Aprosoja/MS (Associação dos Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul) aponta que já foi colhida 82% da área de soja monitorada pelo Siga MS (Sistema de Informação Geográfica do Agronegócio), ferramenta criada e mantida pela entidade. Conforme o levantamento, a região sul está com porcentagem média de área colhida mais avançada, com 86,3%. Já a região norte está com 75,6% e, logo atrás, a região centro, com 74,3 % de sua área colhida.

As informações do Siga MS ainda apontam que a colheita evoluiu de forma significativa. As chuvas ocorreram em menor volume nas regiões centro e sul do Estado, e os produtores aproveitaram as condições climáticas favoráveis para conduzir os trabalhos da colheita de forma eficaz. A projeção é que a MS encerre a colheita na primeira quinzena de abril.

Em comparação aos dados da safra 2015/2016, estima-se até o momento que MS teve 2,5 milhões de hectares plantados de soja no ciclo 2016/2017, aumento de 2,4% em relação à safra anterior, passando de 2,46 milhões de hectares para 2,52 milhões de hectares.

Com isso, houve acréscimo de 7,4% em relação à projeção da produção do grão. Na safra 2015/2016 o volume final obtido foi de 7,601 milhões de toneladas e, agora, estima-se produção final de 8,165 milhões de toneladas. A estimativa de produtividade também teve acréscimo, de 4,9%, sendo que antes tinha projeção de 51,5 sc/ha e, agora, é estimada em 54 sc/ha.

PLANTIO DO MILHO

O plantio do milho 2ª safra já foi realizado em 75,2% da área acompanhada pelo Siga MS. A região sul tem a semeadura mais avançada, com porcentagem média de área plantada de 77%, enquanto o norte está com 74% e a região centro com 72,5%.

Para o milho 2ª safra 2016/2017 a estimativa da Aprosoja/MS é que o Estado tenha área de 1,800 milhões de hectares e a projeção é que o volume de grãos seja de aproximadamente 9,180 milhões de toneladas, com produtividade média estimada em 85 sc/ha.

Leia mais notícias em nosso suplemento Correio Rural, clicando aqui.

Leia Também