Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

safrinha

Geada não preocupa, mas preço baixo
tira o sono de produtores

Temor com baixas temperaturas é menor neste ano

3 JUN 17 - 05h:00DA REDAÇÃO

Mesmo que ocorram geadas no Estado, a produção do milho safrinha está praticamente garantida por conta do plantio antecipado do cereal e possíveis perdas, consideradas pontuais, devem ser inferiores a 3% da produção, diante da quebra de 30% na safra passada.

A estimativa é de produtores rurais ouvidos pelo Correio do Estado e do setor de análise de agricultura do Sistema Famasul.

Para a safra 2016/2017, o milho safrinha tem área plantada de 1,8 milhão de hectares e volume de grãos recorde de 9,1 milhões de toneladas, segundo projeção da Associação de Produtores de Soja de Mato Grosso do Sul (Aprosoja-MS). 

Ainda conforme Lucio Damalia, presidente do Sindicato Rural de Dourados, a geada é “o menor dos problemas” do produtor no momento, porque o milho praticamente já está garantido. 

A preocupação principal é o preço do milho. O valor médio da saca do cereal negociado nas praças do Estado fechou o último dia de maio em R$ 19,75, conforme valores disponibilizados pela Granos Corretora,  queda de 3,65% em relação à média de R$ 20,50 informada pelo Sistema Famasul, na semana anterior.

*Leia reportagem, de Daniella Arruda, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Chineses devem abrir quatro usinas de açúcar no Brasil
AGRONEGÓCIO

Chineses devem abrir quatro usinas de açúcar no Brasil

Confira o calendário de vacinação contra a Febre Aftosa em MS
AGROPECUÁRIA

Confira o calendário de vacinação contra a Febre Aftosa em MS

Nova etapa de vacinação contra febre aftosa começa em novembro
ATENÇÃO!

Vacinação contra febre aftosa começa em novembro

Safra de grãos deve crescer 6,3% e fechar com recorde em 2019
CORREIO RURAL

Safra de grãos deve crescer 6,3% e fechar com recorde em 2019

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião