Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Assine a Newsletter

GRÃOS

Chuvas de dezembro beneficiam culturas de verão

No Centro-Oeste, o índice de vegetação das regiões monitoradas está em ascendência

31 DEZ 19 - 10h:42SÚZAN BENITES

As chuvas intensas na primeira quinzena de dezembro favoreceram as principais regiões produtoras de grãos no Brasil. A umidade adequada do solo permitiu a continuidade da semeadura e o bom desenvolvimento dos cultivos de verão, aponta o último Boletim de Monitoramento Agrícola, divulgado pela Companhia Nacional de Abastecimento (Conab).

De acordo com o levantamento, no Piauí e no oeste baiano, a baixa umidade do solo tem atrasado o avanço da semeadura da soja. A irregularidade das precipitações no Rio Grande do Sul afetaram as lavouras de milho que estão em fase de enchimento dos grãos, bem como as lavouras tardias de soja.

No Centro-Oeste, o Índice de Vegetação das regiões monitoradas está em ascendência.  Porém, conforme o Boletim, principalmente em Mato Grosso do Sul e Goiás, os mapas apresentam ainda áreas com anomalias negativas, devido à diferença no calendário. Somente no Mato Grosso este efeito tem sido menor.

Já na região Sudeste, especialmente em Minas Gerais, também há uma predominância de áreas com anomalias negativas. Isso se deve ao atraso no início da semeadura da soja na safra atual.

Conforme a análise, o Paraná, na região Sul do País, aparece com anomalias positivas,  exceto em partes do oeste, centro ocidental e sul e norte do estado.  Nas demais regiões do estado e em Santa Catarina, predominam as anomalias positivas que mostram as boas condições de desenvolvimento dos cultivos.

No Rio Grande do Sul, as anomalias negativas, na região central, devem-se ao atraso no período de semeadura da soja e início da fase de enchimento de grãos e maturação do milho primeira safra.

*Com informações da assessoria

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Colheita de maçã emprega 5 mil indígenas do Estado
GUARANI-KAIOWÁS

Colheita de maçã emprega 5 mil indígenas do Estado

Inscrições para curso técnico em agronegócio seguem até dia 22
FORMAÇÃO

Inscrições para curso técnico em agronegócio seguem até dia 22

Agronegócio brasileiro exportou US$ 96,8 bilhões em 2019
RURAL

Agronegócio brasileiro exportou US$ 96,8 bilhões em 2019

Protagonista de crise, Irã importou US$ 140 milhões em carne e grãos de MS
AGRONEGÓCIOS

Protagonista de crise, Irã importou US$ 140 milhões em carne e grãos de MS

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião