Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Política

Youssef nega ter repassado dinheiro ao ex-ministro Palocci

"Ninguém me fez pedido para que pudesse arrebanhar recurso para a campanha"

25 AGO 15 - 22h:00AGENCIA BRASIL

Depois de se recusar a responder às primeiras perguntas de integrantes da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras, o doleiro Alberto Youssef quebrou o silêncio e negou, mais uma vez, que tenha repassado R$ 2 milhões ao ex-ministro Antonio Palocci, que seriam destinados à campanha eleitoral de 2010.

“Vou quebrar o silêncio neste assunto. Com respeito ao Palocci, eu confirmo minhas declarações feitas anteriormente. Eu não conheço o Palocci, não conheço o assessor dele. Ninguém me fez pedido para que pudesse arrebanhar recurso para a campanha”, garantiu.

Munido de um habeas corpus concedido pelo Supremo Tribunal Federal, que lhe garante o direito de não responder às perguntas, o doleiro antecipou, em tom de mistério, que novos fatos prometem ratificar sua versão. “Existe uma investigação neste assunto do Palloci, que logo vai esclarecer o assunto. Um novo réu colaborador está falando. Eu não fiz esse repasse e essa colaboração”, afirmou.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASÍLIA

Deputados ouvem presidente do Banco do Brasil sobre possível privatização

CCJ deve votar prisão em segunda instância na terça-feira
BRASÍLIA

CCJ deve votar prisão em segunda instância na terça-feira

Bancada é contra projeto de lei que afeta 341 mil deficientes
DEPUTADOS

Bancada é contra projeto de lei que afeta 341 mil deficientes

PDT suspende vereadores que não assinaram CPI do Ônibus
90 DIAS

PDT suspende vereadores que não assinaram CPI do Ônibus

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião