CAMPO GRANDE

Vereadores votam projetos de mudança de nome de estradas

Votação será na terça na Câmara Municipal
26/05/2019 14:00 - EDUARDO PENEDO


 

Os vereadores de Campo Grande votam projetos de mudança de nome em estradas vicinais, ceder quiosques da Cidade do Natal para entidades beneficentes e também projeto que autoriza a prefeitura a desafeta uma área. A votação será realizada na terça-feira (28) durante sessão ordinária na Câmara de Vereadores da Capital, localizada na avenida Ricardo Brandão, nº 1.600, Bairro Jatiúka Park. 

Os vereadores votam cinco Projetos de Lei que tratam da denominação de estradas vicinais de Campo Grande em segunda discussão. Todos são de autoria do vereador Carlão (PSB). Tratam-se dos projetos 9.271/19, substitutivo ao Projeto de Lei 9.205/19, que denomina a Estrada Vicinal CG-160, de “João Faustino Alves – João Mantêga”; o Projeto de Lei 9.272/19, substitutivo ao Projeto de Lei 9.207/19, que denomina a Estrada Vicinal CG-EW2 (perímetro urbano e CG-080) de “Didimo Martins Acosta”; o 9.273/19, substitutivo ao Projeto 9.202/19, que denomina a Estrada Vicinal CG-456, de “João Macedo da Costa”; o 9.275/19 substitutivo ao Projeto 9.221/19, que denomina a Estrada Vicinal CG-162 de “Milton Akio Taira”; por fim, o 9.276/19 substitutivo ao Projeto 9.206/19, que denomina a Estrada Vicinal CG-040 de “Antonio Apparecido Pereira”. 

Será analisado, em primeira discussão, o Projeto de Lei 9.140/18, do vereador André Salineiro (PSDB), que cria o “Programa Cidade Solidária” no Município de Campo Grande. A proposta tem objetivo de ceder os quiosques da Cidade do Natal para entidades beneficentes, durante um final de semana por mês, ou mais, para que essas possam usufruir do espaço na arrecadação de fundos para seus projetos.  

Ainda, em única discussão e votação, os vereadores analisam o Projeto de Lei 9.302/19, que autoriza a prefeitura a desafetar e doar área do domínio público municipal, bem como a conceder incentivos fiscais e extrafiscais à Empresa Transporte DJ Tomazelli Ltda, no âmbito do Programa de Incentivos para o Desenvolvimento Econômico e Social de Campo Grande (Prodes). A proposta é do Executivo Municipal.  

Ainda durante a sessão usará a palavra a coordenadora de Política de Promoção de Igualdade Racial do Município de Campo Grande, Rosana Anunciação, falará na Tribuna sobre projetos de política pública e ações em alusão ao Dia Nacional de Denúncia contra o Racismo. 

A sessão será transmitida ao vivo pelo Facebook.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".