Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

RECESSO PARLAMENTAR

Vereadores são nomeados para atuarem durante às férias

Recesso parlamentar começa dia 16 e vai até o dia 30
15/07/2019 17:30 - EDUARDO PENEDO


 

A Câmara de Vereadores de Campo Grande nomeou os cinco integrantes da Comissão Representativa para atuar durante o período de recesso parlamentar, que vai de 16 a 30 de julho. 

A Comissão é composta pelos vereadores Eduardo Romero (REDE), Valdir Gomes (PP), Enfermeira Cida (Prós), Veterinário Francisco (PSB), Odilon de Oliveira (PDT) e Fritz (PSD). 

A partir do dia 16 de julho, os parlamentares entram em recesso parlamentar, suspendendo apenas as atividades em Plenário (sessões ordinárias, audiências e solenidades). Os gabinetes e setores administrativos da Casa de Leis funcionarão normalmente durante o dia todo, no expediente normal de trabalho, com atendimento ao público.  

Segundo o vereador Eduardo Romero, a função da Comissão Representativa e no recesso parlamentar estar representando a Câmara em qualquer urgência ou emergência que o município precise durante esses 15 dias de recesso. “O recesso é só parlamentar das sessões ordinárias. O expediente interno estará funcionando normalmente. Nos vereadores estamos de plantão caso o município precise de algum posicionamento da Câmara”, explica. 

Felpuda


Tudo indica que o MDB não conseguiu convencer o PSDB de iniciar namoro com vistas a casamento nas eleições, e a ideia teria sido descartada. Os tucanos demonstraram que o problema deles não é o cargo: os emedebistas ofereceram a vaga de vice na disputa à Prefeitura de Campo Grande, a mesma cobiçada pelos tucanos, mas na chapa do PSB do atual prefeito. A questão, politicamente falando, seria, digamos, o oferecido “noivo”. Afe!