Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 18 de dezembro de 2018

PRB

Vereador substitui Pedro Chaves e é o novo candidato ao Senado Federal

Gilmar da Cruz era o primeiro suplente de Chaves e nome foi decidido hoje

16 AGO 2018Por Renata Volpe Haddad13h:16

O vereador Gilmar da Cruz (PRB), foi confirmado pelo partido e é o novo candidato ao Senado Federal, substituindo o senador Pedro Chaves, que desistiu de tentar a reeleição, mesmo com a candidatura já registrada.

Gilmar era o 1º suplente de Chaves, mas não foi dado como certo ontem (15), porque o partido precisava discutir a questão com os membros da sigla.

No início da tarde desta quinta-feira (16), o presidente estadual do PRB, Wilton Acosta, anunciou a escolha. “Com muita alegria indicamos o vereador Gilmar para a busca por uma vaga no Senado Federal, acreditamos em seu trabalho, em sua preparação e experiência no poder público”, comentou.

Após desistência de Pedro Chaves, a executiva do partido iniciou as tratativas para a indicação de outro nome, entre eles estavam os vereadores Gilmar, Betinho e o Coronel Isaias Bittencourt, mas, por ser 1º suplente do Pedro Chaves, o nome escolhido foi o de Gilmar da Cruz.

Segundo o presidente, a candidatura será registrada no Tribunal Regional Eleitoral (TRE) nas próximas horas.

O vereador disse ser uma honra disputar as eleições. “Para mim é uma honra ser indicado pelo meu partido, sou partidário e sempre disse que acataria a melhor decisão. Estou pronto para encarar o desafio”, afirmou.

O PRB está aliado com o PDT, por uma escolha feito pelo Pedro Chaves. O senador desistiu da reeleição, afirmando que o partido do candidato ao governo, juiz federal aposentado Odilon de Oliveira, ter descumprido o acordo de ter apenas um nome para a disputa ao Senado. O PDT se aliou ao Podemos e o advogado Humberto Figueiró também vai disputar uma vaga para senador.

Odilon, sem citar nomes, divulgou uma carta à imprensa dizendo que não se alia a corruptos e nem covardes.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também