Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 25 de setembro de 2018

Operação

Tribunal de Justiça analisa mais três processos da Coffee Break

Dos 24 denunciados, onze já tiveram casos averiguados pelo TJMS

17 ABR 2018Por DA REDAÇÃO04h:00

Os desembargadores da 1ª Câmara Cível do Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJMS) devem analisar, a partir das 14h de hoje (17), mais três recursos interpostos pela defesa de acusados na Operação Coffee Break, ação de improbidade administrativa denunciada pelo Ministério Público Estadual (MPE) contra vereadores da Câmara Municipal de Campo Grande e também empresários.

A previsão é de que serão analisados os recursos interpostos pelas defesas dos ex-vereadores Airton Saraiva (DEM), Flávio César (PSDB) e do vereador Otávio Trad (PTB). Os advogados alegam esperar ter o mesmo sucesso obtido pelos outros nove parlamentares, que foram excluídos daCoffee Break. O recurso de Trad estava na pauta da semana passada, porém, foi adiado para hoje. 

Foram denunciadas 24 pessoas, os então vereadores acusados foram: Mario Cesar (MDB), José Airton Saraiva, Flávio César, Edil Albuquerque (PTB), Edson Shimabukuro (PTR), Jamal Salém (PR), Waldecy Batista Nunes, o Chocolate (PTB), além dos atuais vereadores Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), e Eduardo Romero (Rede), João Rocha (PSDB), Gilmar da Cruz (PRB), Otávio Trad (PTB), bem como do atual deputado estadual Paulo Siufi (MDB) e o ex-vereador Alceu Bueno (sem partido), que teve processo extinto por ter falecido. 

* Leia a reportagem, de Renata Volpe Haddad, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também