Terça, 20 de Fevereiro de 2018

em 2019

Se for eleito, André abrirá
portas do governo a aliados

Ex-governador promete acabar com exclusividade do MDB no alto escalão

13 FEV 2018Por DA REDAÇÃO04h:00

O ex-governador André Puccinelli (MDB) prometeu mudar de estilo, se for eleito, para abrir espaço aos aliados em sua administração a partir de 2019.

Desde quando foi prefeito de Campo Grande por dois mandatos e duas vezes governador de Mato Grosso do Sul, os parceiros de campanha eleitoral não tinham participação no primeiro escalão. A ideia dele é acabar com a exclusividade do partido no governo.

André quer formar governo de coalizão para dar injeção de ânimo aos virtuais aliados políticos. “Eu preciso desses companheiros aqui, uma andorinha só não faz verão”, declarou o ex-governador em discurso feito em Costa Rica. Essa posição vem sendo reafirmada por André no decorrer dos dias, nas reuniões políticas em Campo Grande.

Nos contatos com lideranças políticas, o ex-governador ressaltou estar aprendendo muito com “os ataques” e “a perseguição”.

Ele se considera injustiçado com a decisão de juízo de primeira instância de mandá-lo para prisão. Nas duas vezes, o Tribunal Regional Federal da 3ª Região revogou a cautelar imposta pela Justiça Federal, por falta de requisitos e provas concretas para justificar a restrição a sua liberdade.

*Leia reportagem, de Adilson Trindade, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Leia Também