Campo Grande - MS, terça, 21 de agosto de 2018

nova liderança

PSB destitui líder pró-Temer
e oposicionista assume bancada

18 OUT 2017Por FOLHAPRESS14h:39

O deputado oposicionista Julio Delgado (MG) conseguiu assinaturas suficientes para destituir do comando do PSB a deputada Tereza Cristina (MS) e assumiu a liderança da bancada do partido na Câmara.

A primeira medida de Delgado será tirar os deputados governistas Danilo Forte (CE) e Fabio Garcia (MT) da CCJ (Comissão de Constituição e Justiça), que analisa a segunda denúncia contra o presidente Michel Temer.

No lugar deles, serão indicados os deputados Danilo Cabral (PE) e Hugo Leal (RJ), que votaram contra Temer na primeira denúncia. Com isso, o Planalto perde dois votos que eram certos na comissão.

A líder destituída considerou "lastimável" a decisão do PSB e fez críticas ao presidente da legenda, Carlos Siqueira.

"Ele [Julio] conseguiu 19 assinaturas e me destituiu. Do partido, é um a postura lastimável. Do Julio, prefiro me omitir. Carlos Siqueira, desde que assumi a liderança, vem com atitudes muito constrangedoras comigo, que duvido [que aconteceriam] se fosse um líder homem. Fiz meu papel. Agora, bola pra frente", disse Tereza Cristina à reportagem.

Os governistas devem ser expulsos da legenda. O Palácio do Planalto atuou para tentar evitar a destituição de Tereza Cristina.

O presidente Michel Temer chegou a exonerar dois ministros, Raul Jungmann (Defesa) e Fernando Bezerra Coelho Filho (Minas e Energia), para que reassumissem seus mandatos para tentar evitar que Delgado chegasse às 19 assinaturas para destituir a líder.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também