Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

BRASIL

Presidente dos Correios anuncia demissão no Twitter e envia carta a funcionários

Presidente dos Correios anuncia demissão no Twitter e envia carta a funcionários
19/06/2019 13:47 - ESTADÃO CONTEÚDO


O presidente dos Correios, general da reserva Juarez Cunha, anunciou em seu perfil no Twitter a sua saída da presidência da estatal. Virtualmente demitido na sexta-feira, dia 14, Cunha foi trabalhar normalmente na segunda-feira, 17, como informou o jornal O Estado de S. Paulo. "Só vou sair daqui a hora que chegar oficialmente, aí eu saio, senão, não saio não", disse ele nesta terça-feira, 18, em evento fechado da empresa ao qual o jornal teve acesso. 

Na rede social, Cunha escreveu que seu período à frente da estatal foi composto de "7 meses de alegria", com a obtenção de "excelentes resultados" e a "recuperação da empresa". "Saldo muito positivo e a certeza de que vocês continuarão no cumprimento da missão", disse o general. 

Em carta aos funcionários da instituição, Cunha escreveu que "obteve eco positivo no âmbito da maioria do dos empregados" e que "se não fosse para exercitar minhas firmes convicções, não poderia ser presidente dos Correios". Cunha se despediu com o bordão do presidente Jair Bolsonaro levemente modificado: "Brasil acima de tudo! Correios no coração de todos!"

Felpuda


Sindicalista defende o fim de mordomias e privilégios dos políticos e dos integrantes de outros Poderes, conforme divulgação feita por sua assessoria. Para ele, está na hora de se colocar um basta nessa situação, questionando, inclusive, o número de parlamentares e de assessores. Entretanto, não demonstra a mesma aversão por aqueles dirigentes de sindicatos que se perpetuam no poder e que comandam mais de uma entidade, assim como ele. Afinal, o exemplo deve vir de casa, né?