Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

sexta, 15 de fevereiro de 2019 - 23h12min

ESCALONADO

Prefeito terá dois reajustes
no salário em menos de um mês

Em dezembro, ele receberá 71% sobre o subsídio dos ministros e, em janeiro de 2019, 80%

8 DEZ 18 - 05h:00DA REDAÇÃO

Em menos de 30 dias, o prefeito de Campo Grande, Marcos Trad (PSD), receberá dois aumentos salariais, cujo total lhe garante R$ 7.957,37 a mais no pagamento recebido atualmente, que é de R$ 20.412,42. Os novos valores, aprovados pela Câmara Municipal nesta semana, foram considerados justos pelo prefeito. “O trabalhador trabalha sábado e domingo e pede hora extra. Os vereadores e secretários têm [hora extra]? Não. Temos que ver isso tudo, se trabalham ou não, se é justo ou não”, disse Trad, que em seguida reclamou do próprio salário. “Sabe quanto ganha o prefeito? Líquido é R$ 14,1 mil, e do interior é R$ 28 mil, R$ 29 mil”.

Conforme emenda à Lei Orgânica nº 79/2018, o prefeito passa a receber R$ 25.178,17 neste mês, o que corresponde a 71% da remuneração dos ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) – recentemente, o salário deles foi de R$ 33.763,00 para R$ 39.293,32. Alguns dias depois, em 1º de janeiro de 2019, Trad começará a ganhar R$ 28.369,77. 

Esses reajustes continuarão até 2021, quando o subsídio do prefeito da Capital será de R$ 35.462,22. Segundo o presidente da Câmara, vereador João Rocha (PSDB), a lei determina a seguinte progressão salarial: “a partir da data da publicação, a remuneração subirá para 71%. Já em 2019, será de 80%; em 2020, de 90%; e em 2021, de 100% dos 90,25% estabelecidos como limite do valor mensal pago aos ministros do STF”.

* Leia a reportagem, de Tavane Ferraresi e Renan Nucci, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

União pagou R$ 565 milhões em dívidas atrasadas de estados em janeiro

BRASIL

Cirurgia de Bolsonaro exigirá pagamento inédito por hospital militar

BRASIL

Chamado de mentiroso por Bolsonaro, Bebianno recebe aviso para ficar no governo

BRASIL

MEC instala lava jato da educação, diz Bolsonaro

Mais Lidas