Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quinta, 15 de novembro de 2018

irregular

Policiais de SP fazem segurança
de Joesley em depoimento

21 JUN 2017Por FOLHAPRESS21h:00

O empresário Joesley Batista, do grupo J&F, que prestou nesta quarta-feira (21) depoimento em Brasília, terá de dar explicações sobre outro caso.

Os dois seguranças do empresário e delator que o acompanharam à Superintendência da Polícia Federal na capital federal são policiais civis de São Paulo e não poderiam prestar serviços de segurança particular, segundo a PF.

Ambos, que não tiveram os nomes divulgados, estavam armados. Eles estão sendo ouvidos e o caso será encaminhado para a corregedoria da Polícia Civil de São Paulo, onde podem sofrer sanções administrativas.

Os carros usados pelo empresário também foram vasculhados em busca de outras armas. As encontradas em posse dos policiais estão em situação regular e não devem ser apreendidas.

A PF afirmou que, como contratante, Joesley também será ouvido sobre o caso após o fim de seu depoimento no âmbito das operações Bullish e Greenfield, que já dura quase oito horas, e que o empresário também pode sofrer processo administrativo.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também