Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

ACLAMAÇÃO

Pedro Chaves é escolhido como vice-presidente do Conselho de Ética do Senado

Eles recebem e analisam previamente denúncias feitas contra os senadores

7 JUN 17 - 10h:24MARESSA MENDONÇA

Senador Professor Pedro Chaves (PSC/MS) foi eleito ontem vice-presidente do Conselho de Ética e Decoro Parlamentar do Senado. A escolha dele foi por aclamação. O senador João Alberto Souza (PMDB-MA) acabou reeleito como presidente.

"Eu sei que o momento é de muita turbulência, mas é fundamental darmos celeridade ao processo. Vamos solicitar à Procuradoria Geral da União e ao Supremo Tribunal Federal os nomes de todos os parlamentares envolvidos e os tipos de investigação, porque precisamos dar fim a esse impasse", declarou o senador em seu discurso.

O Conselho de Ética  que recebe e analisa previamente representações ou denúncias feitas contra os senadores, que podem resultar em medidas disciplinares como advertência, censura verbal ou escrita, perda temporária do exercício do mandato e cassação do mandato.

Ao todo, 15 integrantes titulares e mesmo número de suplentes fazem parte do Conselho. Eles são eleitos para mandatos de dois anos e seguem o princípio da proporcionalidade partidária e o rodízio entre partidos políticos ou blocos parlamentares.

 

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Alcolumbre assume Presidência e fala em 'responsabilidade com o povo brasileiro'
INTERINAMENTE

Alcolumbre assume Presidência e fala em 'responsabilidade com o povo brasileiro'

Senado conclui votação da reforma da Previdência
BRASÍLIA

Senado conclui votação da reforma da Previdência

Ministro Marco Aurélio vota contra prisão após condenação em 2ª instância
STF

Ministro Marco Aurélio vota contra prisão após condenação em 2ª instância

Comissão que estuda reforma dos militares suspende sessão para buscar acordo
PREVIDÊNCIA

Comissão que estuda reforma dos militares suspende sessão para buscar acordo

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião