ELEIÇÕES 2020

Novo abre inscrições para <br>prefeito em Campo Grande

Inscrições vão até o dia 15 de outubro de 2019
10/05/2019 15:17 - FÁBIO ORUÊ


Faltando pouco mais de um ano para as eleições municipais, o partido Novo abriu seleção para os cargos de prefeito em 22 cidades do Brasil, incluindo a capital de Mato Grosso do Sul. As inscrições já estão abertas e são realizadas somente pelo site, até o dia 15 de outubro de 2019.

Conforme divulgado, o edital prevê um total de três etapas e estarão envolvidos na avaliação os responsáveis dos diretórios municipais, estaduais e nacional, além de uma empresa contratada exclusivamente para o processo seletivo.

De acordo com o presidente do Diretório Estadual do Novo do Estado, Rafael Rosso, o partido Novo está em busca de um candidato não ligado à política tradicional e que tenha um histórico de vida alinhado aos valores do Partido.

“Sabemos da dificuldade que é trazer uma pessoa com esse perfil à política atual, da exposição, renúncias pessoais e dedicação que o cargo exige. É preciso alguém com coragem e disposição para mudar os rumos de Campo Grande”, enfatizou.

O Novo espera abrir novos processos seletivos em cerca de 60 cidades. O partido precisa de pelo menos 150 filiados ativos em cada município para abrir e viabilizar um diretório municipal. Sem ele, não é possível ter candidaturas na cidade.

Matéria alterada às 17:28 para correção de informação.

smaple image

Fique por dentro

Fique sempre bem informado com as notícias mais importantes do MS, do Brasil e do mundo, direto no seu e-mail.

Quero Receber

Felpuda


Princípio de "rebelião" política no interior de MS, fomentada por grupo interessado em tomar o poder, não prosperou. Quem deveria assumir o "comando da refrega", descobriu que, além da matemática ser ciência exata, há "prova dos nove". Explica-se: é segunda suplente, pois não conseguiu votos necessários nas últimas eleições, mas assumiu o cargo porque a titular licenciou-se, assim como o primeiro suplente. Caso contrarie a cúpula, seria aplicada a tal prova e, assim, "noves fora, nada".