Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

VOTAÇÃO HISTÓRICA

Grazielle Machado acredita <br>que trabalho em Campo Grande teve reflexo no Estado

Vereadora é a mulher mais votada da história de MS para o cargo de deputada estadual
07/10/2014 17:30 - TARYNE ZOTTINO


 

Com 39.374 votos recebidos no último domingo (5), Grazielle Machado (PR) se tornou a mulher mais votada da história de Mato Grosso do Sul para o cargo de deputada estadual. Ela deixará a Câmara Municipal, onde está em seu terceiro mandato, para assumir uma cadeira na Assembleia Legislativa.

De acordo com Grazielle, o resultado prova que as mulheres vêm ganhando cada vez mais confiança e credibilidade para assumir altos postos. “MS foi a prova disso. Pela primeira vez uma mulher foi levada à Assembleia com um número de votos como este. Isso nos orgulha, pois para a mulher ainda é difícil fazer campanha. Existe um certo machismo entre os políticos”, comentou.

A vereadora acredita que seu trabalho em Campo Grande teve reflexo no Estado, o que contribuiu para o número de votos. “Ano passado foi um ano atípico na Câmara. Pude mostrar a minha personalidade política. Deixei de ser só a filha do Londres Machado e ganhei a personalidade política da Grazielle. Isso fez com que as pessoas me conhecessem mais e acreditassem na força da mulher, na expressão, na coragem. Isso facilitou com que nós chegássemos à Assembleia.”, detalhou. Ela também citou o legado de seu pai, Londres Machado, destacando a importância da “bagagem e história” do deputado estadual em sua trajetória. “É um misto da história dele com a nossa”.

Sobre a nova fase na Assembleia Legislativa, Grazielle afirma que pretende tentar um lugar na Comissão de Orçamento e Finanças, aproveitando sua experiência na Câmara. Ela também quer passar por vários municípios do Estado nas próximas semanas e se reunir com lideranças. A deputada eleita adiantou que já está com uma equipe, planejando os primeiros projetos para dar entrada na Assembleia. "Quero fazer um mandato de excelência​. Quero poder ter a força, esse dinamismo de estreante e a coragem de veterana, já que estou há 10 anos na vida pública", finalizou. 

Felpuda


Vereador de Campo Grande fez pronunciamento com forte teor preconceituoso que obviamente não agradou, principalmente as mulheres. A repercussão negativa foi grande e ele teve de ler cobras e lagartos em seu perfil nas redes sociais. Assim, correu para publicar nota de esclarecimento tentando colocar panos quentes e se comprometendo a, já na próxima sessão, solicitar a retirada de sua fala dos chamados “anais da Casa”. Também, pudera!