Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, sexta, 16 de novembro de 2018

SUSPEITA

MPE apura origem do dinheiro de Bernal para compra de imóveis

Ele é investigado por pagar apartamento e casa luxuosa sem ter renda

4 SET 2017Por DA REDAÇÃO04h:00

A 30ª Promotoria de Justiça do Patrimônio Público e Social apura origem do dinheiro usado pelo ex-prefeito Alcides Bernal (PP) para compra milionária de apartamento, em 2013, localizado atrás do Shopping Campo Grande, e depois trocar por luxuosa casa na Rua Antônio Maria Coelho. A denúncia foi feita na época em que Bernal estava à frente do Executivo Municipal. As investigações mostram a desproporcionalidade entre o valor da compra dos imóveis à evolução do patrimônio declarado pelo então prefeito.

O caso foi retomado pelo promotor de Justiça, Marcos Alex Vera de Oliveira, assim que assumiu a vaga do promotor Alexandre Capiberibe Saldanha. Conforme relatório parcial do Ministério Público Estadual (MPE), Bernal teria adquirido apartamento no Condomínio Edifício Parque das Nações por R$ 1,7 milhão, sendo que o valor de mercado do imóvel seria aproximadamente R$ 2,5 milhões.

Outro ponto destacado no documento são as declarações de bens do progressista feitas à Justiça Eleitoral. Na eleição de 2010, ele informou ter somente um imóvel residencial no Jardim Paulista, avaliado em R$  R$ 103.676. Dois anos depois, quando disputou a Prefeitura de Campo Grande o mesmo imóvel foi listado no valor de R$ 700 mil.

*Leia reportagem, de Gabriela Couto, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também