Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

DEEP WEB

Ministros do STF correm risco de ataque terrorista, alerta PF

Informação teria chegado em inquérito conduzido pelo ministro Alexandre de Moraes
17/02/2020 15:02 - Da Redação


 

Ministros do Supremo Tribunal Federal (STF) podem ser alvo de ataques terroristas, informou à Polícia Federal aos integrantes da corte judiciária. A informação consta em reportagem publicada nesta segunda-feira (17) pelo jornal Folha de S.Paulo, e teria chegado por meio do ministro Alexandre de Moraes, que conduz um inquérito contra ataques à instituição.  

Conforme o jornal Correio Braziliense, Moraes repassou a informação para o presidente do Tribunal, ministro Dias Toffoli, que enviou ofício aos demais magistrados solicitando que reforcem a segurança pessoal. O diário, com sede em Brasília, confirmou com fontes no STF a existência do Supremo ofício apertando os integrantes do plenário.

Os agentes da Polícia Federal, conforme publicado, interceptaram comunicações do grupo terrorista na deep web, camada mais profunda da internet que só é possível acessar via convite ou tendo acesso a endereços específicos.  

O grupo teria se inspirado nos autores do ataque contra a escola Tasso da Silveira, de Realengo, no Rio de Janeiro. O atentado deixou 13 crianças e adolescentes mortos em abril de 2011. Nas conversas, os terorristas falam que o acesso aos ministros é simples, inclusive o acesso visual, e que haveria poucas barreiras para um atentado.

Felpuda


Malfeitos que teriam sido praticados em tempos não tão remotos podem ser a pedra no caminho de pré-candidatura que está sendo costurada. As conversas ainda estão nas “ondas da rádio-peão”, mas, com a proximidade da campanha eleitoral, há quem diga que isso se tornará uma tremenda dor de cabeça para quem vai enfrentar as urnas. Pior:  o dito não seria culpado direto, mas sim a sua...  Bem, deixa rolar para ver onde vai parar.