Campo Grande - MS, quarta, 15 de agosto de 2018

setor chave

Michel Temer decide indicar
Raquel Dodge para chefiar a PGR

28 JUN 2017Por FOLHAPRESS E DA REDAÇÃO19h:40

O presidente Michel Temer decidiu indicar a subprocuradora Raquel Dodge para suceder Rodrigo Janot na chefia da Procuradoria-Geral da República. O anúncio foi feito nesta quarta (28) pelo Palácio do Planalto.

A lista tríplice da ANPR era composta por Nicolao Dino, Raquel Dodge e Mario Bonsaglia, conforme eleição da categoria realizada nesta terça (27).

O mandato de Janot, que denunciou Temer por corrupção passiva na segunda (26), termina em 17 de setembro.

O documento foi entregue pelo presidente da ANPR (Associação Nacional dos Procuradores da República), José Robalinho, em audiência com o peemedebista.

Pela Constituição Federal, Temer pode nomear qualquer integrante do Ministério Público da União com mais de 35 anos de idade.

Desde 2003, no governo Lula, o presidente da República tem escolhido o mais votado. O nome será enviado ao Congresso, precisando ainda ser sabatinado e aprovado pelo Senado.

Nicolao Dino, que foi o mais votado na ANPR, comanda a Procuradoria-Geral Eleitoral e foi o responsável pela denúncia que pediu a cassação da chapa Dilmar-Temer no Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Ele era o candidato de Rodrigo Janot.

Raquel Dodge, bem como Mario Bonsaglia, tinham mais proximidade do Planalto. Inclusive, Raquel era cotada como favorita por cúpula do PMDB.

Leia Também