Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

CORRUPÇÃO NA PETROBRAS

José Dirceu é indiciado na Operação Lava Jato por quatro crimes

Inquérito aponta formação de quadrilha, falsidade ideológica, corrupção passiva e lavagem de dinheiro

1 SET 15 - 16h:41G1

A Polícia Federal (PF) concluiu nesta terça-feira (1º) dois inquéritos da Operação Lava Jato e indiciou 14 pessoas, entre elas, o ex-ministro José Dirceu, que está preso na carceragem da corporação, em Curitiba, há quase um mês. O ex-ministro foi indiciado pelos crimes de formação de quadrilha, falsidade ideológica, corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Além de Dirceu, foram indiciados em um dos inquéritos: Luiz Eduardo de Oliveira e Silva, Roberto Marques, Julio Cesar dos Santos e Camila Ramos de Oliveira e Silva. Já no outro procedimento foram indiciados: Milton Pascowitch, José Adolfo Pascowitch, Fernando Horneaux de Moura, Olavo Horneaux de Moura, Renato Duque, João Vaccari Neto, Gerson Almada, Cristiano Kok, e José Antunes Sobrinho.

Na conclusão dos inquéritos, o delegado da PF Márcio Anselmo afirmou que há "fartos
indícios de que Jose Dirceu de Oliveira e Silva e outras pessoas  a  ele  relacionadas  foram  beneficiários diretos de valores objeto de desvios no âmbito da Petrobras, apurados na Operação Lava Jato".

Próximo passo
A partir da conclusão do inquérito policial, o Ministério Público Federal (MPF) pode apresentar uma denúncia à Justiça Federal contra os indiciados pela PF. Com a denúncia apresentada, cabe ao juiz federal Sérgio Moro, responsável pelos processos da Lava Jato na primeira instância, aceitá-la ou não. Se aceita, os denunciados passam a ser réus, respondendo pelos crimes na Justiça.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Vereadores votam projetos de mudança de nome de estradas
CAMPO GRANDE

Vereadores votam projetos para mudar nome de estradas

MANIFESTAÇÕES GOVERNO

No Twitter, Bolsonaro posta vídeos de atos pró-governo

GOVERNO FEDERAL

Senadores reclamam de protagonismo da Câmara

Ato em apoio ao presidente começa às 15h30 na Afonso Pena
APOIO AO PRESIDENTE

Ato em apoio a Bolsonaro acontecerá na Afonso Pena

Mais Lidas