Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

ELEIÇÕES 2018

Ipems aponta André à frente<br> de Odilon na sucessão estadual

Pesquisa feita em 50 municípios indica 2º turno na definição de governador
31/10/2017 07:00 - DA REDAÇÃO


 

Pesquisa do Instituto de Pesquisas de Mato Grosso do Sul (Ipems), realizada em 50 dos 79 municípios de Mato Grosso do Sul, mostra o ex-governador André Puccinelli (PMDB) um pouco à frente do juiz federal aposentado Odilon de Oliveira (PDT) na disputa para governador, se as eleições fossem hoje. 

André está com 26,91% das intenções de voto, contra 25,29% de Odilon. Com base nesses índices, os dois estão tecnicamente empatados, levando em conta a margem de erro de 2,69 pontos porcentuais para mais ou para menos sobre o total do resultado da amostragem. Esses números levariam à definição sobre o futuro governador de Mato Grosso do Sul para o segundo turno.

André e Odilon deixaram para trás o governador Reinaldo Azambuja (PSDB), com 16,92% das intenções de voto. O prefeito de Costa Rica, Waldeli dos Santos Rosa (PR), aparece mais embaixo, com 6,26%, seguido de perto pelo médico Ricardo Ayache (PSB), presidente da Caixa de Assistência dos Servidores do Estado do Mato Grosso do Sul (Cassems), com 3,21%.

Os eleitores indefinidos, que não responderam ou declararam a intenção de votar em branco, nulo ou em nenhum dos nomes citados, somam 21,41%.

A pesquisa do Ipems foi realizada no período de 18 a 25 deste mês, com 1.329 eleitores. 

*Leia reportagem, de Adilson Trindade, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

 

Felpuda


Alguns políticos estão se aproveitando deste momento preocupante de pandemia para sugerir projetos oportunistas que, em alguns casos, são de resultados extremamente duvidosos. O mais interessante – para não dizer outra coisa – é que se for analisado o desempenho normal dessas figuras, verifica-se que essa preocupação toda nunca esteve no topo das suas prioridades. Ano eleitoral é assim mesmo. Lamentável!