Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

BRASIL

Infraestrutura quer abrir capital da Codesp até final do governo

13 AGO 19 - 13h:51ESTADÃO CONTEÚDO


O ministro da Infraestrutura, Tarcísio Gomes de Freitas, afirmou nesta terça-feira, 13, que a Pasta pretende realizar até o fim do governo atual a abertura de capital da Companhia Docas do Estado de São Paulo (Codesp).

O presidente da Codesp, Casemiro Tércio Carvalho, lembrou que, para que a desestatização ocorra, a companhia ainda precisa equalizar seus passivos, como ações trabalhistas. 

Segundo ele, a Codesp tem hoje cerca de R$ 1,5 bi de comprometimento de caixa no curto prazo.

Uma das ações planejadas, de acordo com Carvalho, é um Plano de Demissão Voluntária (PDV). A abertura do PDV, que envolverá 500 funcionários, está prevista para outubro, informou.

O ministro da Infraestrutura destacou a importância do projeto de desestatização das companhias docas do País, que tem como objetivo trazer maior eficiência e melhor governança da gestão portuária. Conforme o presidente da Codesp, o projeto de abertura de capital da companhia já atrai o interesse de grupos de Cingapura e da China, além de brasileiros.

Freitas e Carvalho participaram no período da manhã de coletiva de imprensa na B3, na capital paulista, após a licitação de três terminais portuários realizada pela Agência Nacional de Transportes Aquaviários (Antaq).

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Bolsonaro levanta suspeita sobre ONGs por queimadas na Amazônia

BRASIL

Plenário da Câmara aprova projeto que regulamenta a vaquejada

Escolha de vice é prematura, diz governador sobre indicação
ELEIÇÕES 2020

Escolha de vice é prematura, diz governador sobre apoio

BRASIL

Lava Jato cumpre mandados de prisão por propina paga a 2 ex-ministros

Mais Lidas