Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

POLÍTICA

Habeas Corpus garante silêncio a convocados pela CPI do Carf

Depoentes não responderam às perguntas dos senadores que compõem a comissão

20 AGO 15 - 19h:00AGENCIA BRASIL

Amparados por habeas corpus concedidos pelo Supremo Tribunal Federal (STF) os quatro depoentes convocados para depor nesta quinta-feira (20) na Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) que investiga denúncias de irregularidades no Conselho Administrativo de Recursos Fiscais (Carf) não responderam às perguntas dos senadores que compõem a comissão.

O primeiro foi o auditor fiscal da Receita Federal, Eduardo Cerqueira Leite acusado de ter atuado em favor de bancos no Carf. Antes de dizer que seguiria a orientação do advogado de permanecer calado, ele negou qualquer envolvimento com as irregularidades apuradas pela Operação Zelotes da Polícia Federal e colocou seu sigilo fiscal à disposição da CPI. A Operação apura se integrantes do Carf eram subornados para suspender julgamentos, alterar votos e aceitar recursos para favorecer empresas.

“O silêncio de um inquirido, para mim, que venho do Direito, lhe compromete muito, princialmente diante dos fatos”, disse o presidente da CPI, senador Ataídes Oliveira (PSDB-TO) ao aconselhar Cerqueira Leite a contribuir com os trabalhos da comissão. “As provas técnicas, a defesa técnica serão feitas na esfera judicial, portanto me dou ao direto de permanecer em silêncio”, respondeu o auditor da Receita.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Decisão de Toffoli vai causar 'enxurrada de ações' nos tribunais

BRASIL

Presidentes das Assembleias Legislativas do NE repudiam declaração de Bolsonaro

Na Câmara, só dois líderes são contra aumento de fundo eleitoral
ELEIÇÕES 2020

Câmara: 2 líderes são contra aumento de fundo eleitoral

Não tem como eu subir no mesmo palanque que Marquinhos, diz Rose
ELEIÇÕES 2020

Não tem como eu subir no mesmo palanque que Marquinhos, diz Rose

Mais Lidas