Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

em depoimento

Graça Foster sabia de propina
na Petrobras, diz Duque

9 JUN 17 - 21h:00FOLHAPRESS

O ex-diretor da Petrobras Renato Duque afirmou, nesta sexta (9), que a ex-presidente da Petrobras Graça Foster sabia de propinas na Petrobras e que chegou a ter prometido, para si, US$ 1 milhão em vantagens indevidas num contrato da estatal.

"Ela me chamou no gabinete e disse o seguinte: 'eu sei o que foi feito, eu sei que é feito e sei que tem que ser feito. Eu só não sei fazer. Eu preciso da sua ajuda para que isso aconteça'", afirmou Duque, durante depoimento ao juiz Sergio Moro.

A conversa teria ocorrido na época em que Graça estava na diretoria de Gás e Energia. Ele não deu detalhes sobre a data.

Preso pela Operação Lava Jato há pouco mais de dois anos, Duque tenta fechar acordo de delação premiada com o Ministério Público, sem sucesso. Nos depoimentos à Justiça, ele vem admitindo espontaneamente ter recebido propina, sem benefícios. "Hoje eu tenho consciência de que cometi esses crimes. Me arrependo", disse o ex-diretor.

Sobre a ex-presidente, Duque ainda afirmou que, por volta de 2012, intermediou um acordo de propina com a multinacional Saipem, que era fornecedora da Petrobras.

Segundo ele, ficou combinado que, em troca de dois contratos, a empresa pagaria US$ 2 milhões em propina -metade para José Eduardo Dutra, então presidente da Petrobras, e outro milhão para Graça.

O dinheiro, porém, nunca chegou a ser pago -os emissários da Saipem ficavam "empurrando a dívida com a barriga", segundo Duque. "Quando veio a Lava Jato, eu dei isso aí como perdido", afirmou o ex-diretor.

OUTRO LADO

A reportagem não conseguiu contato com Graça Foster nesta sexta (9). Em ocasiões anteriores, ela não quis se pronunciar a respeito das suspeitas.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Alcolumbre assume Presidência e fala em 'responsabilidade com o povo brasileiro'
INTERINAMENTE

Alcolumbre assume Presidência e fala em 'responsabilidade com o povo brasileiro'

Senado conclui votação da reforma da Previdência
BRASÍLIA

Senado conclui votação da reforma da Previdência

Ministro Marco Aurélio vota contra prisão após condenação em 2ª instância
STF

Ministro Marco Aurélio vota contra prisão após condenação em 2ª instância

Comissão que estuda reforma dos militares suspende sessão para buscar acordo
PREVIDÊNCIA

Comissão que estuda reforma dos militares suspende sessão para buscar acordo

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião