Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

REFORMA DA PREVIDÊNCIA

FHC defende que reforma da Previdência não 'tire dos mais pobres' e gera reações

13 MAI 19 - 06h:00ESTADÃO CONTEÚDO

Um comentário do ex-presidente Fernando Henrique Cardoso no Twitter sobre a reforma da Previdência neste domingo, 12, gerou reações na rede social.

"Ouvi depoimento do economista, que não conheço, Eduardo Moreira, sobre a reforma da Previdência: o ponto dele é correto, tiremos dos que mais ganham, não dos pobres. A reforma é necessária, mas o olhar tem que ser tanto fiscal quanto redistributivo. Eis a questão e a dificuldade", disse FHC.

O ex-presidente se referia ao economista Eduardo Moreira, que participou da comissão especial que discute o projeto da reforma na Câmara na última quinta-feira, 9. Moreira defendeu que a reforma não mexa com os mais pobres e questionou a eficácia do sistema de capitalização tal qual colocado no texto proposto pelo governo. 

Em seu discurso na comissão, por exemplo, Moreira sugeriu dar a opção de antecipar a aposentadoria àqueles que ganham até um salário mínimo e já cumpriram os 35 anos de contribuição, se a idade mínima for aprovada. 

O secretário especial adjunto de Previdência e Trabalho do Ministério da Economia, Bruno Bianco Leal, lembrou que já no governo FHC buscava-se um "sistema justo", que proporcionasse que os ricos contribuíssem mais e se aposentassem na mesma idade dos mais pobres. "Diferente do seu governo, nós vamos conseguir! Não dê palanque aos equivocados", disse em resposta a FHC, também por meio do Twitter. 

No mesmo tom, a líder do governo no Congresso, deputada Joice Hasselmann (PSL-SP), também respondeu FHC. "Alô, @FHC! Seu governo tentou e fracassou." E defendeu o projeto do governo, dizendo que a proposta é que os mais ricos e mais pobres se aposentem com a mesma idade e que a contribuição daqueles que ganham menos seja reduzida.

 

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

Vereadores votam projetos de mudança de nome de estradas
CAMPO GRANDE

Vereadores votam projetos para mudar nome de estradas

MANIFESTAÇÕES GOVERNO

No Twitter, Bolsonaro posta vídeos de atos pró-governo

GOVERNO FEDERAL

Senadores reclamam de protagonismo da Câmara

Ato em apoio ao presidente começa às 15h30 na Afonso Pena
APOIO AO PRESIDENTE

Ato em apoio a Bolsonaro acontecerá na Afonso Pena

Mais Lidas