Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

dinheiro da jbs

Farra de incentivos fiscais gerou
milhões em propinas no Estado

Centenas de empresas foram beneficiadas com concessões para investimentos

6 JUN 17 - 07h:00DA REDAÇÃO

Centenas de pessoas e empresas desfrutaram de benesses concedidas nos governos de Zeca do PT, André Pucinelli (PMDB) e Reinaldo Azambuja (PSDB).

Hoje, o governo do Estado já estuda o cancelamento de várias concessões de incentivos fiscais – Termos de Ajustes Fiscais (Tare) – ante as confissões dos irmãos Wesley e Joesley Batista, donos da JBS, de que pelo menos alguns compromissos não foram cumpridos. 

Mas os benefícios, ainda assim, continuaram resultando em grandes prejuízos a Mato Grosso do Sul, o que revela a falta de interesse na fiscalização dos acordos.

Na delação premiada, foram claros ao afirmar que “não menos do que R$ 150 milhões” beneficiaram os três mandatários, em esquema envolvendo pagamento de propinas. 

Na administração de André Puccinelli, em que foram repassados R$ 105 milhões, de acordo com os delatores, algumas empresas e pessoas aparecem como maiores beneficiados. A começar por Força Nova Distribuidora de Bebidas, Locatelli Dist de Petróleo Ltda, Germinas Sementes de Pastagens, Agroline Comercial de Produtos Veterinários, Ivanildo Cunha Miranda e mais de centenas de nomes.

No atual governo, a Buriti Comércio de Carnes recebeu R$ 12,903 milhões por meio de  “notas falsas de compras de gado bovino”. Elvio Rodrigues emitiu notas falsas no valor de R$ 7.682.566,20.

Os governadores de Mato Grosso do Sul, desde a época de José Orcírio Miranda, o Zeca do PT até hoje, com Reinaldo Azambuja, foram beneficiados com R$ 150 milhões pelo Grupo JBS.

*Leia reportagem, com lista de empresas beneficiadas, na edição de hoje do jornal Correio do Estado

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Desembargador do TRE-MG proíbe novos inquéritos contra ministro do Turismo

BRASIL

Governo quer criar ou extinguir órgãos sem precisar de aval do Congresso

BRASIL

Deputados bolsonaristas pedem que Eduardo Bolsonaro substitua Delegado Waldir

BRASIL

Diretórios regionais do PSL têm dívida de R$ 5,9 milhões

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião