Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, terça, 23 de outubro de 2018

NOVO RECURSO

Em busca de liberdade,
defesa de André volta ao TRF3

Esta é a quinta tentativa de soltar André, preso desde o dia 20 de julho

9 AGO 2018Por YARIMA MECCHI19h:26

Em mais uma tentativa de libertar o ex-governador e ex-pré-candidato ao cargo, André Puccinelli (MDB), seu filho, André Puccinelli Júnior, e o advogado João Paulo Calvez os advogados de defesa ingressaram com novo recurso no Tribunal Regional Federal da 3ª Região (TRF3) nesta quinta-feira (9). O trio está preso desde o dia 20 de julho no Complexo Penitenciário de Campo Grande, no Jardim Noroeste. 

Conforme o sistema do tribunal, houve uma juntada de petição às 15h01 de ontem por parte da defesa. Esta é a quinta tentativa de soltar Puccinelli, a primeira foi no TRF3 e negada pelo desembargador Maurício Kato no dia 23 de julho, o segunda habeas corpus negado foi no Superior Tribunal de Justiça (STJ) pelo ministro plantonistas Humberto Martins, no dia 27 de julho. 

O terceiro recurso não foi apreciado ainda e está no Supremo Tribunal Federal (STF), inicialmente com o ministro Dias Toffoli, o recurso passou pela presidente da Corte, ministra Cármen Lúcia, que encaminho para o ministro Alexandre de Moraes como relator. O documento segue no gabinete de Moraes. Voltando ao STJ, o recurso negado por Martins no plantão foi reanalisado, como uma quarta tentativa de libertar os presos, pela ministra relatora, Maria Thereza de Assis Moura, que se negou a julgar o habeas corpus do trio antes do julgamento final do TRF3. 

A defesa de Puccinelli e o filho, Renê Siufi, e o Calves, André Borges, não quis comentar sobre o novo recurso do trio.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também