Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

pressão

Donos da JBS podem ser trazidos
à força para deporem na CPI

Estratégia é evitar a fuga deles das intimações das convocações

3 JUL 17 - 06h:00DA REDAÇÃO

Os irmãos Joesley e Wesley Batista, donos da JBS, poderão ser conduzidos coercitivamente (à força) pela polícia para deporem à CPI na Assembleia Legislativa de Mato Grosso do Sul.

Há o receio dos dois “fugirem” das intimações das convocações para prestarem depoimento e protelarem as investigações.

“Eles têm muito a explicar”, afirmou o presidente da Comissão Parlamentar de Inquérito, deputado Paulo Corrêa (PR), por considerar de “extrema importância” a presença dos irmãos Batista para falarem sobre tudo que se refere ao não cumprimento de acordos da concessão de incentivos fiscais, sobre documentos fraudulentos e pagamentos de propinas a políticos do Estado.

Antes de chamá-los ou buscá-los à força para depoimento, os deputados vão analisar todos os documentos requeridos à Secretaria Estadual de Fazenda e à JBS. “Vamos fazer a confrontação dos dados”, ressaltou Corrêa. “Não podemos errar”, advertiu o parlamentar.

O alvo inicial da CPI será o Termo de Acordo de Regime Especial (TARE) número cinco por estar vinculado à delação premiada de Wesley Batista.

Ele disse ter pago R$ 10 milhões de propinas ao governador Reinaldo Azambuja (PSB) em troca desse benefício fiscal.

O governador nega veementemente a acusação e ressaltou ter recebido R$ 10,5 milhões em doação da JBS para campanha eleitoral de 2014 via direção nacional do PSDB. Esse repasse está na prestação de contas informado à Justiça Eleitoral.

*Leia reportagem, de Adilson Trindade, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

BRASIL

Bolsonaro agora diz que há problema alimentar e apenas 'pequena parte passa fome'

PSDB em Ponta Porã quer eleger oito vereadores
ELEIÇÕES 2020

PSDB em Ponta Porã quer eleger oito vereadores

Prefeito de Corumbá aposta em boa gestão como cabo eleitoral
ELEIÇÕES 2020

Prefeito de Corumbá aposta em boa gestão como cabo eleitoral

Não me senti traído com os deputados, diz Reinaldo
PROFESSORES

Não me senti traído com os deputados, diz Reinaldo

Mais Lidas