Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

“gazeteiros”

Deputados faltosos de sessão podem ter salário descontado

Pedido para desconto foi feito ao presidente da Casa

2 JUN 17 - 04h:30GABRIELA COUTO

Os deputados estaduais conhecidos por ‘matar’ a sessão ordinária na Assembleia Legislativa terão seus salários descontados.

Indignado por ver mais uma vez matérias sendo retiradas de pauta por falta de quórum, o deputado estadual Cabo Almi (PT), pediu ao presidente da Casa de Leis, Júnior Mochi (PMDB), que cumprisse com o regimento interno e punisse os ‘gazeteiros’. 

“Pedi ao presidente para descontar do salário desses faltosos. No caso do trabalhador comum é descontado. Nós homens públicos temos que dar exemplo. Hoje a classe política está tão desmoralizada, desacreditada e se não dermos a volta por cima mostrando trabalho não vamos mudar isso. Minha cobrança eu quero crer que é regimental”, ressaltou o petista. 

Segundo ele, Mochi já havia feito uma reunião com todos os parlamentares anteriormente e pedido para que eles estivessem presentes no momento da votação.

“Temos várias funções como deputado, mas a principal é votar. Esse é o momento que você vota os interesses do Estado. Não justifica o deputado que se elege para legislar e fiscalizar não estar presente neste momento, a menos que ele tenha outro motivo mais importante para não estar ali. E até acho um desrespeito com aqueles que vão trabalhar”, conclui Almi.

É muito comum durante as sessões que acontecem apenas nas terças, quartas e quintas o presidente da Casa suspender o rito para ‘caçar’ deputados no intuito de completar o quórum.

Hoje, para qualquer matéria ser aprovada é preciso no mínimo 13 parlamentares. O processo só acontece no grande expediente, entre as 11h e o meio-dia. Mochi assegurou que o Legislativo vai apurar o motivo das ausências dos demais deputados estaduais.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

DESLIGAMENTO TEMPORÁRIO

Deputados do PSL vão ao STF para barrar suspensão

Eduardo Bolsonaro é o novo líder do PSL na Câmara
NOVA MUDANÇA

Eduardo Bolsonaro é o novo líder do PSL na Câmara

Com problemas de saúde, Zeca do PT deixa presidência do partido
POLÍTICA

Com problemas de saúde, Zeca deixa presidência do PT

DEMITIDO DO GOVERNO

Marcos Cintra é chamado para reestruturar o PSL

Cintra foi demitido pelo ministro da Economia, Paulo Guedes

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião