Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

PRONUNCIAMENTO

Deputado do PSL defende presidente e diz que economia precisa voltar a girar

Luiz Ovando afirmou que é preciso adquirir anticorpos da Covid-19
25/03/2020 18:46 - Yarima Mecchi


 

O deputado federal pelo PSL-MS, Luiz Ovando, gravou um vídeo defendendo a fala do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, que a economia precisa voltar a girar. De acordo com dados apresentados pelo parlamentar no video, “11,54% da população está acima de 60 anos, ou seja 24 milhões de habitantes, 4% acima de 70 anos, ou seja, 8.4 milhões de habitantes e esse pessoal não trabalha mais ou muito pouco. O perfil epidemiológico agora da doença e faixa etária é o que a gente precisa concentrar”.

Contrário às recomendações do Ministério da Saúde sobre a importância da quarentena para diminuir a transmissão do novo coronavírus (Covid-19) o deputado e também médico afirma que é importante que a população tenha contato com o vírus para ter anticorpos. “As coisas devem voltar ao normal, se todos nós voltarmos em termos de atividade econômica. Os anticorpos surgem de forma eficaz após 10 a 15 dias, essa será a forma mais eficiente de contenção e evolução da doença, não esse isolamento que vai retardar puro e simplesmente”, alegou o parlamentar afirmando que a quarentena apenas adia a epidemia.

Ainda conforme o vídeo divulgado pelo deputado Luiz Ovando, ele alega ser médico há 45 anos, clínico, cardiologista, geriatra, intensivista, especializado em medicina esportiva, ecocardiografista e pós-graduado na universidade americana de Minnesota. Ele criticou que o Governo Federal em não fechar portos e aeroportos quando os casos começaram a surgir no mundo.  

“A primeira barreira nós não fizemos que seria fechar os portos e aeroportos, a segunda barreira era testar os contatos e isolá-los e também não foi feita. Agora não adianta comprar milhões de testes, já passou a hora. Agora a barreira tem que ser biológica, imunológica e isolar os idosos e imunocomprometidos”, afirmou.

O parlamentar afirma ainda no vídeo com 10 minutos de duração que os profissionais estão preocupados com o sistema de saúde, mas que o mesmo já está falido. Em diversas entrevistas o ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, alegou que o sistema não teria como todos os pacientes de uma só vez e geraria em abril um colapso na Saúde.  

“Os responsáveis pela saúde estavam preocupados em poupar o sistema de saúde, o sistema de saúde já está falido há muito tempo. A gente precisa falar isso, não pode ter medo. Agora, o que nós temos que fazer: recomendar os cuidados de lavar as mãos, colocar máscara quando você tiver com problema, isolar se você for dado positivo. Isso que tem que ser feito. Essa questão de isolamento econômico, ficar em casa,  vai levar o país a um retrocesso, a uma falência global. Nós precisamos reativar a economia, o isolamento vai levar o país ao colapso econômico. O que a posição está estimulando e jogará a culpa no presidente”, ressaltou.

Confira o vídeo na íntegra:

 
Deputado Luiz Ovando comenta fala do presidente - Divulgação

Felpuda


Dois pedidos de desculpas, de autorias diferentes, foram assuntos muito comentados nas redes sociais com críticas ácidas às suas declarações, até porque os envolvidos não só os usaram despropositadamente, como tiveram de voltar a eles para se redimirem. Um deles, inclusive, quase criou uma crise política da-que-las, o que obrigou seu pai, figurinha carimbada, a pular miúdo para colocar panos quentes sobre a questão. Essa gente!...