Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

Campo Grande - MS, quarta, 21 de novembro de 2018

Lava Jato

Delator se compromete a devolver R$ 70 milhões

Hamylton Padilha firmou acordo de colaboração premiada com o MPF.

10 AGO 2015Por G123h:00

O suposto lobista Hamylton Padilha, réu em um processo derivado da 15ª faz da Operação Lava Jato, se comprometeu a pagar multa compensatória de R$ 70 milhões para validar o acordo de colaboração premiada firmado com oMinistério Público Federal (MPF). O acordo, que foi homologado pelo juiz Sergio Moro, prevê que o pagamento será feito em três parcelas em uma conta judicial.

Padilha responde por corrupção ativa e lavagem de dinheiro. Ele foi denunciado por ter repassado US$ 31 milhões em propina para funcionários da Petrobras e para o PMDB. Em troca do dinheiro, de acordo com os procuradores, Jorge Zelada e Eduardo Musa favoreceram a empresa Vantage Drilling – representada por Padilha – em um contrato de afretamento de um navio-sonda para a estatal.

Pelo acordo de colaboração, a pena unificada de Padilha pelos crimes mencionados nos depoimentos só podem chegar a até oito anos de regime fechado. O regime de cumprimento, porém, deverá ser substituído por de dois a cinco anos em regime aberto diferenciado – mesmas regras do regime aberto, mas cumuladas com prestação de serviço à comunidade e restrições de viagens.

Após este período, haverá uma suspensão condicional da pena.

Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também