Especial Coronavírus (COVID-19) - Leia notícias e saiba tudo sobre o assunto. Clique aqui.

FISCALIZAÇÃO

CPI da JBS pretende analisar<br> os incentivos fiscais em 30 dias

Deputados vão se reunir hoje para solicitar informações
21/06/2017 05:00 - DA REDAÇÃO


 

A CPI da JBS pretende analisar os termos de acordos de incentivos fiscais feitos com a empresa em 30 dias.

Hoje, a comissão começa seus trabalhos, às 15h30min, no plenarinho da Assembleia Legislativa, emitindo ofícios para solicitar informações dos cinco Termos de Acordo de Regime Especial (Tares) para a Secretaria de Estado de Fazenda (Sefaz) e pedindo as assessorias necessárias dentro da Casa de Leis e dos órgãos de fiscalização competentes para realizar a investigação.

Os dois ex-governadores José Orcírio Miranda do Santos, o Zeca do PT, André Puccinelli (PMDB) e o atual chefe do Executivo estadual, Reinaldo Azambuja (PSDB), já se colocaram à disposição dos deputados estaduais. 

“Além da pessoa que cuida dos Tares na Sefaz, vamos pedir um auditor-fiscal do Tribunal de Contas do Estado (TCE) para nos auxiliar. Também vamos solicitar ao presidente da Assembleia, Junior Mochi (PMDB), a ajuda do fiscal de renda e ex-prefeito de Corumbá, Paulo Duarte (PDT), e faremos a contratação de um advogado processualista”, explica o deputado estadual Paulo Corrêa (PR), eleito, ontem, como presidente da CPI.

*Leia reportagem, de Gabriela Couto e Izabela Jornada, na edição de hoje do jornal Correio do Estado.
 

Felpuda


A tal estratégia de jogar informações nas redes sociais com objetivo de prejudicar adversários está começando a gerar reações. Uma dessas figurinhas vai ter de explicar, na Justiça, o por quê de postagem trazendo suspeitas pesadas contra cabeça coroada, que não gostou nadica de nada de ver o seu nome sendo usado como “bucha de canhão” para fins eleitoreiros. Vem chumbo grosso por aí! E sai debaixo!...