Fale conosco no WhatsApp

Por sua segurança, coloque seu nome e número de celular para contatar um assessor digital por Whatsapp.

DENÚNCIAS

Collor diz que Janot tenta constranger Senado

"Sujeito ressacado, sem eira nem beira", diz Collor

24 AGO 15 - 22h:00FOLHAPRESS

Denunciado pelo Ministério Público por suposta participação no esquema de corrupção da Petrobras, o senador Fernando Collor (PTB-AL) usou a tribuna do Senado nesta segunda-feira (24) para questionar e criticar a conduta do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, a quem chamou de "sujeitinho à toa", "fascista da pior extração" e "sujeito ressacado, sem eira nem beira".

O senador afirmou ainda que Janot tenta constranger a Casa às vésperas da sabatina de que participará na próxima quarta-feira (26). Durante o pronunciamento de cerca de 40 minutos, Collor questionou a atuação de Janot à frente da Operação Lava Jato.

"Até quando vamos permitir esse estado policialesco que a PGR (Procuradoria-Geral da República) tenta implantar? Trata-se de questão que afeta, sim, diretamente as instituições, que afeta a separação dos Poderes, o estado de Direito e que merece, de nossa parte, por um freio nesses abusos inomináveis cometidos pelo senhor Janot", afirmou.

Em seguida, Collor disse que Janot não possui estabilidade emocional, sobriedade e perfil democrático para conduzir o Ministério Público. "É esse tipo de sujeitinho à toa, de procurador-geral da República, da botoeira de Janot que queremos entregar à sociedade brasileira? Possui ele a estabilidade emocional, a sobriedade que sempre lhe falta nas vespertinas reuniões que ele realiza na procuradoria?", questionou.

"Estamos sim diante de um sujeito ressacado, sem eira nem beira, que acha que tudo pode e tudo faz a seu bel prazer, desconectando as instituições e esterilizando, ele conhece bem isso, esterilizando os Poderes da República que garantem a nossa democracia. Trata-se de um fascista da pior extração", disse.

Esse artigo foi útil para você?
Os comentários abaixo são opiniões de leitores e não representam a opinião deste veículo.

Leia Também

PDT suspende vereadores que não assinaram CPI do Ônibus
90 DIAS

PDT suspende vereadores que não assinaram CPI do Ônibus

Em MS, três deputados e um senador defendem mais verba pública nas eleições
FUNDO PARTIDÁRIO

Em MS, três deputados e um senador defendem mais verba pública nas eleições

Excesso de emendas desfigura reforma da previdência
SERVIÇO PÚBLICO

Excesso de emendas desfigura reforma da previdência

Governo federal revoga licitação que excluiu 'Folha de S.Paulo'
DIÁRIO OFICIAL

Governo federal revoga licitação que excluiu 'Folha de S.Paulo'

Mais Lidas

Gostaria-mos de saber a sua opinião